abate de vacas

Abate de vacas, taxa em queda. O que esperar?

No Farmnews, painel de análise de mercado, vamos apresentar os últimos dados referentes a taxa de abate de vacas e discutir brevemente a relação do indicador com a expectativa de crescimento do rebanho.

O objetivo é apresentar o comportamento de abate de fêmeas nos últimos anos, que funciona como um indicador da oferta futura de bezerros e o consequente impacto no crescimento de rebanho.

A primeira Figura apresenta a taxa de abate de vacas dentro dos anos, desde 2010.

 

abate de vacas

Fonte: Dados do IBGE

 

Observando a primeira Figura vemos que a taxa de abate de vacas atingiu o menor ritmo para os 3 primeiros meses do ano em 2016. Comparado aos demais anos apresentados nesta série deste 2010, o ritmo de abate de vacas é o menor. O fato do ritmo de abate de vacas cair implica na maior retenção de fêmeas e, consequentemente, uma expectativa de crescimento de rebanho nos próximos anos devido ao estímulo a atividade de cria.

A segunda Figura ilustra o comportamento mensal do abate de vacas desde 1997, no objetivo de apresentar com mais detalhes a tendência de queda no ritmo de abate de fêmeas.

 

abate de vacas

Fonte: Dados do IBGE

 

Veja que a taxa de abate de vacas vem diminuindo nos últimos anos, após a máxima observada em 2006.

A análise mensal acima revela a queda no abate de vacas em relação total abatido, mostrando a menor intenção de abate das matrizes nos últimos anos.

A última Figura apresenta o comportamento cíclico da taxa de abate de vacas, indicando que os movimentos de topos e fundos dentro dos anos tem se acomodado a patamares mais baixos em relação aos anos mais recentes.

O fato da taxa de abate de vacas estar menor sugere uma expectativa de maior oferta de animais nos próximos anos, o que não implica que os preços dos animais de reposição necessariamente devam cair de modo significativo. Há uma série de fatores de interferem nos preços do mercado pecuário e o que podemos afirmar é que os atuais patamares de preços do bezerro estimulam a cria e reduzem as intenções de abate de fêmeas. A questão da demanda, interna e externa é que vai dizer se o possível crescimento de rebanho possa estar em linha com as necessidades do mercado.

Receba nossa newsletter, cadastre-se e mantenha-se informado com a Farmnews!

A Farmnews é uma parceria com a Farmlogics – http://www.farmlogics.com.br– que disponibiliza recursos de controle online de rebanho e recursos de gestão de informação na fazenda de pecuária de corte. Acesse, cadastre-se e saiba mais!

Abate de vacas, taxa em queda. O que esperar? was last modified: by

Zootecnista, editor do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!