O Farmnews destaca para a reunião que tratará da retomada da exportação de carne fresca do Brasil para os Estados Unidos.

Em Genebra, com o embaixador encarregado de Negócios dos Estados Unidos, Theodore Allegra, o secretário-executivo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Eumar Novacki, confirmou audiência do ministro Blairo Maggi com secretário de Agricultura do governo norte-americano, Sonny Perdue.

Clique aqui e saiba mais da suspenção da exportação de fresca do Brasil para os Estados Unidos!

O fato é que o mercado de carnes brasileiro tem enfrentado um momento bastante turbulento em 2017, com as adversidades da Operação Carne Fraca (clique aqui), o acordo de leniência da JBS (clique aqui) e a suspenção da exportação de carne fresca para os EUA.

Diante do atual cenário de fragilidade do mercado de carnes nacional o BNDES e o CNA buscam contribuir para a segurança do pecuarista (clique aqui)

Mas, voltando ao assunto, a reunião está prevista para a segunda-feira (17 de julho), em Washington, quando será discutida a retomada da exportação de carne para os EUA.

Novacki se encontra na Suíça para participar de reunião do Codex Alimentarius, apoiar a candidatura brasileira à presidência da entidade e realizar reuniões bilaterais com parceiros comerciais, defendendo a sanidade de produtos brasileiros.

O secretário acredita que providências tomadas pelo Mapa e explicações técnicas de missão já enviada aos EUA servirão para reabrir o mercado norte-americano a exportadores de carne do país.

No encontro com Allegra, Novacki detalhou as providências adotadas pelo ministério em relação a reações à vacina contra aftosa detectadas pela área de defesa sanitária norte-americana (clique aqui).

Uma das medidas foi a determinação a frigoríficos que carnes in natura de cortes dianteiros (local de aplicação da vacina) sigam apenas na forma de recortes, cubos, iscas ou tiras, a fim de identificar facilmente eventuais problemas (clique aqui e saiba mais)!

O secretário destacou a recente revisão do Regulamento Sanitário brasileiro (RIISPOA), que atualizou normas seguidas por funcionários e por empresas (clique aqui), “mitigando em muito riscos de corrupção”, e o Programa de Compliance do ministério, com foco na ética, que deverá ser concluído até janeiro do próximo ano.

Novacki pediu apoio à candidatura brasileira ao Codex e ouviu do representante dos EUA que ele reconhece o trabalho de Guilherme Costa, coordenador de Assuntos Multilaterais da Secretaria de Relações Internacionais do Mapa, indicado para o cargo e, atualmente, vice-presidente da entidade.

Vinculada à FAO, o Codex trata dos padrões, diretrizes e recomendações para a segurança, qualidade e comércio leal de alimentos entre os 188 países membros.

O USDA divulgou suas estimativas para os principais exportadores de carne bovina do mundo no ano de 2017 (clique aqui)!

Adaptado do MAPA

O Farmnews é o canal de notícias da Farmlogics!