milho_boi gordo

Indicadores agropecuários: Sacas de milho e soja por boi gordo

Um dos indicadores agropecuários de preços muito utilizado que relaciona a agricultura à pecuária é o potencial de compra de sacas de milho e soja a partir do valor de uma arroba de boi gordo. Essa relação de troca é importante para avaliar a dinâmica de custos da produção de animais confinados e também uma referência ao custo de produção das carnes concorrentes a bovina, como o frango e o suíno. Na Análise de Mercado dessa semana entenda um pouco desse indicador e sua importância na pecuária de corte.

O primeiro gráfico abaixo apresenta os valores médios mensais históricos da relação de troca referente ao potencial de compra de sacas de milho a partir da venda de uma arroba de boi gordo, segundo indicadores agropecuários de preços do CEPEA/ESALQ.

 

Gráfico de Indicadores agropecuários com relação de troca entre milho por boi gordo na última década

Fonte: Adaptados da base de dados do CEPEA/ESALQ

 

Nos últimos 10 anos o poder de compra médio do pecuarista está em 3,6 sacas de milho (60kg) a partir da venda de uma arroba de boi gordo. Esse é o potencial de compra médio do pecuarista, embora muita volatilidade ocorra neste indicador. Em 2015, por exemplo, essa troca chegou a 6,0 sacas de milho por arroba de boi gordo e foi o patamar mais elevado desta série histórica.

Por outro lado essa relação chegou a estar abaixo de 3,0 sacas por arroba, evidenciando momentos de força do milho em relação ao boi gordo, como nos anos de 2007 e 2008. Recentemente o milho tem apresentado um movimento de valorização frente ao boi gordo, fazendo cair o poder de compra do pecuarista (vide Figura) para nível abaixo da média histórica. Esse cenário de indicadores agropecuários serve como alerta de atenção em termos de controle de custos e operacionais para aqueles que utilizam o milho como matéria-prima na dieta de engorda.

A segunda Figura, por sua vez, mostra a relação de troca de boi gordo por sacas de soja (60kg). Os dados históricos desses últimos 10 anos mostram uma relação próximo de 1,8 sacas de soja por arroba de boi gordo. O interessante é avaliar os extremos observados nesta última Figura, quando o poder de troca do pecuarista caiu para uma relação de praticamente 1 arroba por 1 saca de soja no final de 2012 fruto da valorização do grão naquele ano. Hoje essa troca esta pouco acima da média histórica, mostrando uma certa fraqueza dos preços do grão em relação ao boi gordo.

Gráfico de Indicadores agropecuários com relação de troca entre soja por boi gordo na última década

Fonte: Adaptados da base de dados do CEPEA/ESALQ

 

Essa relação de troca – arroba de boi gordo por saca de milho e soja – reflete o poder de compra do insumo pelo pecuarista, considerado como um forte dos vários indicadores agropecuários de custo e viabilidade da engorda confinada.

Uma relação mais favorável ao pecuarista, ou seja, quando se é possível adquirir mais sacas de grão pela venda do boi gordo estimula, em teoria, o confinamento, embora o custo do bezerro/boi magro seja outro importantíssimo fator a ser considerado.

O objetivo da editoria Análise de Mercado do Farmnews é de manter seus leitores informados! Pecuaristas, profissionais do setor, estudantes e interessados no assunto, sigam nossas notícias.

O Farmnews é uma parceria com a Farmlogics. Acesse e saiba como gerenciar seu rebanho de modo simples e prático!

Siga-nos no facebook pelo www.facebook.com/belogics

 

Indicadores agropecuários: Sacas de milho e soja por boi gordo was last modified: by

Analista de operações de commodities na Control Union. Graduado em Medicina Veterinária pela USP/FZEA Construindo uma sólida carreira em agribusiness – experiência com confinamentos, mercados futuros, inteligência de mercado e operações financeiras com commodities.