medidas protecionistas

Como medidas protecionistas incentivam o agro do Brasil?

O Farmnews destaca as recentes discussões relacionadas ao fim do acordo comercial entre os EUA e alguns países banhados pelo Oceano Pacífico. Afinal, como medidas protecionistas podem incentivar o mercado de países como do Brasil?

O presidente Donald Trump cumpriu o prometido: retirou os Estados Unidos do Acordo Transpacífico de Cooperação Econômica (TPP, na sigla em inglês) apenas três dias depois de assumir o cargo.

O acordo foi alcançado em 2015 após anos de negociações, com objetivo de reduzir barreiras comerciais com o corte ou redução de tarifas de importação entre países membros e, com isso, aumentar o fluxo de bens e serviços.

Antes da saída dos EUA, o TPP reunia 40% da economia mundial e um mercado que reunia cerca de 800 milhões de consumidores. Contudo, Japão, Austrália, Canadá, México, Peru, Chile, Malásia, Vietnã, Nova Zelândia, Cingapura e Brunei continuam no pacto.

A grande ausente entre as potências econômicas do Pacífico é a China, que não tem demonstrado intenção de integrar a ele.

E o Brasil com isso? Apesar de ao longe não parecer envolver em nada o nosso país, um olhar mais atento revela como a criação e entrada em vigor do TPP terão grandes impactos na economia brasileira.

Medidas protecionistas, como a dos EUA, podem contribuir com o agronegócio brasileiro!

Vale lembrar que um quarto do comércio do Brasil é feito com os países que assinaram o acordo, sendo o destino de um terço de nossas exportações

O acordo – que era uma peça importante da estratégia comercial e geopolítica do ex-presidente Barack Obama – estabelece a base para um grande bloco econômico que, se não sofresse mudanças, reduziria as barreiras comerciais entre os países participantes.

As autoridades brasileiras estavam torcendo pela notícia, considerando que a participação dos EUA no acordo teria tornado a carne brasileira mais cara em comparação com a carne bovina americana em mercados asiáticos como o Japão. O mesmo pode ser dito para a soja brasileira, suco de laranja e açúcar, entre outras exportações para a Ásia.

Mas esta abertura econômica multinacional contraria a política defendida por Trump de proteger empregos e fomentar a indústria nacional dos EUA.

No Farmnews veja os dados históricos que destacam a importância do agronegócio para a economia brasileira, segundo números do Cepea (clique aqui e saiba mais)!

O Farmnews é o canal de notícias da Farmlogics!

Como medidas protecionistas incentivam o agro do Brasil? was last modified: by

Zootecnista, editor do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!