plano de contas

Gestão pecuária: primeiros passos do planejamento financeiro

Um dos grandes gargalos na gestão pecuária é o planejamento financeiro da fazenda. Muitos fazendeiros convivem com a falta de informação de fluxo financeiro do seu negócio, embora saibam e muito bem a importância de fazer e manter atualizado seu fluxo de caixa.

Como bem diz um dos clientes da Farmlogics, o fazendeiro Maurício Assunção: “na pecuária de corte a pasto, a roda de custo é redonda, enquanto a de receitas é quadrada”.

Em outras palavras, os custos caem todo mês, enquanto as receitas acontecem em alguns meses do ano e por isso um planejamento financeiro é fundamental. Enfim, um controle de entradas e saídas (fluxo de caixa) é necessário para que o empresário possa trabalhar com mais segurança. Esse controle é de suma importância tanto para calcular o capital de giro quanto para definir datas de pagamentos, recebimentos, reduzir impostos, entre outros.

A gestão pecuária passa fundamentalmente pelo planejamento financeiro.

Para aqueles que buscam organizar as finanças do negócio e ainda necessitam de auxílio para iniciar esse processo, veja algumas de dicas de como melhorar os resultados da empresa fazendo um bom controle financeiro. Planejar as finanças pode ser algo bem menos complicado e sair mais barato do que você imagina. Basta um pouco de disciplina e atenção.

O primeiro passo do planejamento financeiro é fazer um orçamento anual. Não fez ou não sabe como fazer o orçamento? Não se desespere! Comece fazendo uma estimativa do quanto irá receber e gastar, com base no seu histórico de dados. Não tem histórico? Tudo bem, sempre podemos começar.
O importante aqui é mostrar um passo a passo simples de como toda essa conversa de gestão pecuária e planejamento financeiro pode ser iniciado de modo simples.  Então vamos lá e iniciar um planejamento do zero.

Organizar um método de registro das contas a pagar e das contas a receber na empresa é fundamental. Com esta estrutura você será capaz de fazer projeções das entradas e saídas de recursos da empresa com muito mais precisão, além de entender como suas finanças vêm progredindo ao longo do tempo.

Podemos resumir esse processo de planejamento financeiro em 4 passos:

1 –Listar as receitas e despesas

O primeiro passo é catalogar e fazer uma lista de todas as receitas e despesas e também já prever qual dos itens da lista de receitas e despesas serão recorrentes nos próximos meses. Com esta lista é possível atribuir valores e datas de vencimento para cada item tanto para contas a receber como a pagar. Como alguns destes itens são recorrentes, automaticamente você já tem um orçamento de contas a receber  e a pagar.

2 – Atualizar periodicamente os dados

O segundo é a atualização dos itens lançados mês a mês. Esta atualização é referente a data e valor realizado de recebimento ou a data e valor realizado de pagamento.

3 – Desenvolver o fluxo financeiro

O terceiro passo é a montagem do fluxo financeiro através das leituras dos itens cadastrados mês a mês, no momento de montar o fluxo financeiro poderá ser dividido o fluxo financeiro em previsto e também em realizado.

4 – Manter atualizada matriz de contas a pagar e receber

O quarto e último passo é alimentar o fluxo financeiro, seja ela diária, semanal ou mensalmente. Vai depender das necessidades do pecuarista.
E como fazer o controle de fluxo de caixa e falar em gestão pecuária?
Periodicamente, o empresário ou gestor da fazenda deverá registrar os seguintes itens em seu controle financeiro. O fluxo pode ser mensal, semanal ou diário. Vai depender do perfil e das necessidades do pecuarista. O importante é organizar as informações de entradas e saídas :

  • Saldo inicial

É o valor que inicia o controle financeiro. Esse valor é o quanto você tem disponível no início do período, sem contar com os valores que irão entrar ou serão reduzidos.

  • Entradas

É o que você recebe pela venda de produtos ou serviços. Você deve descrever a data de recebimento, a origem de cada receita e registrar qual foi a forma de pagamento (dinheiro, cheque pré-datado, depósito ou cartão de crédito) bem como o valor de cada entrada.

  • Saídas

São os valores que você irá pagar. Não deixe de registrar o destino das despesas e de que forma foram feitos os pagamentos. Classifique as despesas em “gastos fixos” e “gastos variáveis”. Você também deve projetar as despesas recorrentes para facilitar a previsão de despesas, como mencionamos acima.

  • Saldo operacional

É o resultado financeiro das movimentações, seja mensal, semanal ou diária.. Corresponde à quantidade de dinheiro que entrou durante um período estipulado e é obtido através do saldo entre entradas e saídas da empresa durante o tempo estipulado.

  • Saldo final

É a soma do saldo inicial com o operacional. Esse valor define quanto de receita foi acrescido a um negócio, ou caso feche em margem negativa, quanto será reduzido do saldo inicial.

Na próxima semana iremos apresentar um exemplo de fluxo de caixa e discutir melhor esse assunto devido a sua importância na gestão pecuária. Fique atento, cadastre-se e fique informado com a Farmnews!

A Farmnews é uma parceria com a Farmlogics – http://www.farmlogics.com.br– que disponibiliza recursos de controle online de rebanho e recursos de gestão de informação na fazenda de pecuária de corte. Acesse, cadastre-se e saiba mais!

 

 

 

Gestão pecuária: primeiros passos do planejamento financeiro was last modified: by

Zootecnista, editor do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!