retorno econômico da suplementação mineral

Qual o retorno econômico da suplementação mineral?

Caro leitor Farmnews, como prometido, vamos abordar as vantagens econômicas da suplementação mineral. Você sabe qual o retorno econômico da suplementação mineral? Vamos debater aqui o assunto. Confira!

No nosso painel de gestão pecuária já abordamos temas relacionados a importância da suplementação mineral, dando destaque para alguns pontos como quantidade ofertada, época para ser realizada e as diferenças na suplementação que você realiza em relação ao que é feito pelo seu vizinho de cerca. Para conferir clique aqui.

Alguns dados revelam que aproximadamente 30% das fazendas no Brasil não suplementam os animais, tendo por base a quantidade de sal mineral vendida no mercado. Certamente porque não saibam o retorno econômico da suplementação mineral.

Como sabemos muitos fatores interferem no desempenho animal, como disponibilidade e qualidade da forragem, genética, clima, sazonalidade, consumo, entre outros. Por esse motivo é complicado encontrar dados seguros para avaliarmos aspectos econômicos da suplementação e principalmente porque estudos de desempenho de animais que não recebem qualquer tipo de suplemento mineral são raros no país.

Por isso vamos trabalhar com alguns cenários, no objetivo de destacar a importância do uso do suplemento mineral na pecuária de corte nacional. Claro, os valores aqui são apenas uma referência e pedimos ao nosso leitor o cuidado de entender que cada sistema de produção tem seus próprios números, de acordo com suas circunstâncias de produção.

Portanto, para efeito de estudo sobre as vantagens econômicas da suplementação mineral, vamos trabalhar com 3 cenários. Cada cenário apresentará uma diferença de ganho de peso adicional a partir do consumo de suplemento mineral em relação a uma condição de produção base que desconsidera o uso de qualquer suplementação mineral.

O ganho de peso diário base estimado para um rebanho sem suplementação foi de 150g/cab., enquanto nos exemplos estudados, foi considerado um ganho de peso adicional de 50g, 100g e 150g/cab./dia para os cenários 1,2 e 3, respectivamente.

É importante ressaltar que vamos simular apenas os custos de compra do bezerro e o custo sal mineral (R$ 1,70/kg), com consumo médio de 100g/dia por animal. Não está incluso na conta os custos de operação, pois não é objetivo do artigo aprofundar a questão nesse nível de detalhe, pelo menos por enquanto. Nos próximos artigos do Farmnews podemos evoluir em outras questões conforme sugestão dos nossos leitores!

Qual retorno econômico da suplementação mineral? Confira no quadro abaixo.

Muitos pecuaristas preferem não investir em sal mineral, porque não enxergam retorno. Mas veja a diferença estimada de um animal suplementado comparado ao desempenho e resultado de um animal sem suplementação mineral.

custo suplementação mineral

Podemos observar que mesmo no ganho de peso adicional mais modesto (de 50g/cab./dia), a suplementação mineral já se torna viável. O retorno econômico estimado nesse cenário  é de R$ 58,56 por cabeça.

Desse modo, mesmo com uma diferença mínima entre os cenários avaliados, a suplementação mineral é fundamental para a propriedade. Olhando apenas para o lado econômico, as diferenças chamam atenção, mesmo sem destacar aqui a importância para os aspectos reprodutivos, sanitários entre outros. Apenas nos concentramos no ganho de peso, ou seja, a importância econômica do suplemento mineral é ainda maior.

Mas atenção, apenas a suplementação mineral não faz milagre!

Como o próprio nome diz “Suplemento” serve para suplementar, ou seja, para compor alguma necessidade, que no caso seriam os minerais da pastagem. Se o pasto na sua propriedade não estiver em boas condições e o ajuste de ocupação não estiver regulado, não existe suplemento mineral que faça milagre.

Vale ressaltar que esta é uma suplementação básica e que atualmente existem outros tipos de suplementação como por exemplo, a suplementação com fontes proteicas, energéticas e uma associação destas. Acompanhe nossos próximos posts para entender qual a diferença e quando fornecer cada uma.

Fique por dentro de todos os assuntos do Farmnews, cadastre na nossa newsletter e receba o resumo semanal, com análises do mercado agrícola e pecuário.

Curta a Farmlogics no Facebook!

Qual o retorno econômico da suplementação mineral? was last modified: by

Zootecnista, editor do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!