condições das pastagens

Condições das pastagens nos Estados Unidos

O Farmnews apresenta as condições das pastagens nas principais regiões de pecuária dos Estados Unidos.

O fato é que 45% das pastagens dos Estados Unidos está avaliada em boas ou excelentes condições.

As condições das pastagens classificadas como boas ou excelentes no ano passado (2016) estava em 51%.

Vale destacar que na semana passada 47% das pastagens era avaliada em boas ou excelentes condições. Desse modo, as condições das pastagens nos Estados Unidos caíram 2% na última semana.

Os dados das condições das pastagens nos Estados Unidos revelam que 31% são avaliadas como razoáveis e este índice é igual ao mensurado há um ano atrás.

O destaque fica para as condições das pastagens consideradas como ruins ou muito ruins que atualmente somam 24%, enquanto no mesmo período do ano passado era de 18%.

Em especial na região de Montana, o medo de incêndios está latente na mente dos fazendeiros locais, que tem lutado contra chamas por meses.

Apesar dos esforços dos bombeiros e da grande batalha contra o fogo, os produtores da região de Montana entendem que a única forma de controlar o problema é com o fim da falta de chuvas (clique aqui e saiba mais).

E os prejuízos do Harvey na pecuária de corte texana começam a ser apurados.

Autoridades agrícolas do Texas temem que milhares de animais tenham morrido depois de Harvey, resultando em perdas de dezenas de milhões de dólares.

Os municípios que sofreram danos do Harvey abrigam uma área com 1,2 milhão de cabeças de gado, representando 1-em-4 de todas as vacas de corte no Texas, o maior produtor do país (clique aqui e saiba mais).

O Furacão Irma trouxe muitas chuvas e danos causados ​​pelo vento nas regiões de pecuária da Flórida, Alabama e Geórgia (clique aqui e veja algumas das consequências do Irma por lá).

O Farmnews é o canal de notícias da Farmlogics!

Condições das pastagens nos Estados Unidos was last modified: by

Zootecnista, colaborador do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!