custo da diária-boi

Custo da diária-boi de bovinos confinados em julho de 2018!

O custo da diária-boi, avaliado pelo Índice de Custo de Produção de Bovinos Confinados do LAE/USP, apresentou queda em julho de 2018!

Os custos da diária-boi (CDB) calculados no Índice de Custo de Produção de Bovinos Confinados (ICBC) de julho de 2018 foram de R$9,19, R$9,07 e R$7,52 para os confinamentos de São Paulo médio (CSPm), grande (CSPg) e de Goiás (CGO), nesta ordem.

Com relação ao mês passado, houve redução no CDB para todas as propriedades estudadas (Tabela abaixo).

custo da diária-boi

O custo da diária-boi caiu entre os meses de junho e julho de 2018.

A queda para o confinamento médio, em São Paulo, foi de 5,7%, com o custo dia diária passando de R$9,75 em junho para R$9,19 em julho. No acumulado do ano, até julho, por outro lado, a alta é de 11,7%.

No caso do confinamento grande, em São Paulo, a queda foi semelhante ao confinamento de médio porte (5,7%), com o custo da diária-boi caindo de R$9,62 em junho para R$9,07 em julho. No acumulado de 2018 a alta acumulada é de 11,0%.

Já o custo do confinamento em Goiás caiu 5,1% em julho e no acumulado do ano acumula alta de apenas 0,5% até o mês de julho.

Dentre os insumos da alimentação, o preço da polpa cítrica no estado paulista aumentou 16%, entre os meses de junho e julho. Por outro lado, o preço do milho grão reduziu pelo terceiro mês consecutivo – desde maio – para ambos os estados, São Paulo e Goiás; outros coprodutos como os oriundos do algodão (farelo, torta e caroço), milheto e o sorgo grão também  presentaram redução de preços.

Desta forma, quando comparados com o mês anterior, os custos das dietas das propriedades representativas reduziram. A flexibilidade de utilização de diferentes quantidades e insumos alimentares nas dietas a cada mês é novidade no método utilizado no Cálculo do ICBC. Caso queira calcular os custos do seu sistema de produção, clique aqui e baixe a planilha gratuitamente.

Os custos do boi magro (de doze arrobas, aproximadamente), outro importante insumo da atividade de confinamento, têm apresentado redução. No estado de São Paulo os preços médios do animal de reposição em julho foram de R$5,07, os menores desde janeiro deste ano, quando o quilo do animal foi de R$5,52. O preço do quilo do boi magro no estado de Goiás em julho foi o mesmo de São Paulo, excepcionalmente.

A Figura a seguir ilustra a evolução do custo da diária de bovinos confinados ao longo de 2018, até o mês de junho.

 

custo da diária-boi

Fonte: Dados do LAE/USP (adaptado por Farmnews)

 

O Farmnews está iniciando um novo espaço, dedicado à análise do mercado futuro do boi gordo e do milho. É o Farmnews Futuros!

Siga o Farmnews, o canal de notícias do agronegócio!

Custo da diária-boi de bovinos confinados em julho de 2018! was last modified: by

Zootecnista, editor do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!