lucro dos pecuaristas

O que faz a diferença no lucro dos pecuaristas?

O fato de haver uma grande diferença no lucro dos pecuaristas foi discutido pela Universidade de Kansas, nos Estados Unidos.

E olha que existe muita diferença no lucro dos pecuaristas, mesmo daqueles em regiões próximas, sistemas produtivos similares e escalas semelhantes.

Desse modo, o foco esteve na análise do lucro dos pecuaristas que se dedicam a atividade de cria no país, já que foi observado ao longo dos anos uma grande variação no resultados dos fazendeiros.

Na prática, existem pecuaristas conseguem obter lucro mesmo em um cenário de preços em queda, enquanto outros encontram dificuldade de apurar algum resultado positivo mesmo quando o mercado é de alta de preços. E por que isso ocorre?

Há uma série de razões para isso, mas vamos avaliar inicialmente a variação do lucro dos pecuaristas que se dedicam a cria nos Estados Unidos. Aliás, esse assunto tem sido discutido no Farmnews (clique aqui).

Nos anos de 2008 e 2009, os custos operacionais foram superiores a receita. Em outras palavras, o lucro da atividade de cria foi negativo nesses anos. A partir de 2010 o lucro da atividade de cria foi positivo no país, em especial do nos anos de 2014 e 2015.

Isso porque em 2014 e 2015 o lucro da atividade foi muito superior aos demais anos, quando o lucro por vaca superou os US$300, aliás, quase atingindo a média de US$400 em 2014.

Mas será que todos os pecuaristas aferiram lucro nos últimos anos no país? Certamente não. O fato é que nos últimos 42 anos, houve uma diferença média de US$233 no lucro dos pecuaristas, avaliado por vaca, os pecuaristas de melhor resultado e os piores.

Esta é uma grande variabilidade, mas, infelizmente, esse risco é difícil de gerenciar, porque grande parte disso é devido a fatores e condições normalmente fora do controle de produtores.

No entanto, o estudo identificou que mesmo nos “bons anos”, alguns produtores estão perdendo dinheiro e, mesmo nos “anos ruins”, alguns produtores estão ganhando dinheiro. Este é um ponto importante porque indica que há mudanças de gerenciamento que os produtores podem fazer a diferença.

A análise sugere que, embora o preço e o peso dos bezerros tenham impacto no lucro dos pecuaristas, eles são muito menos importantes para explicar as diferenças entre os produtores do que os custos.

Existem economias fatores relacionados a economia de escala, onde os custos mais baixos e, portanto, são mais lucrativas do que as operações menores.

No entanto, é importante ressaltar que ser uma grande operação não garante custos baixos e altos lucros, uma vez que várias operações de médio porte a menor foram competitivas em termos de custos.

E não é à toa que o Farmnews tem discutido a importância do orçamento na atividade. Afinal, você está trabalhando 2018 com base nas previsões para o ano?  Clique aqui e saiba mais do assunto!

O fator que é importante em relação às diferenças de lucro e custo entre os produtores é o quão bem eles gerenciam seus custos.

Existe uma enorme variabilidade nos custos e retornos entre os produtores, o que significa que há espaço para que os produtores melhorem seus resultados.

No entanto, antes que alguém possa melhorar, eles precisam saber onde eles estão em relação a outros produtores. Assim, avaliar e identificar os pontos fortes e fracos de uma operação é o primeiro passo para decidir onde concentrar os esforços de gerenciamento.

O Farmnews também destaca para o tema: “Qual é o lucro da fazenda? Conhecendo o DRE e como analisá-lo!”. Clique aqui e confira!

Adaptado de Kansas State University

Siga o Farmnews, o canal de notícias do agronegócio!

O que faz a diferença no lucro dos pecuaristas? was last modified: by

Zootecnista, editor do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!