remineralizadores

Remineralizadores reduzem custo de produção da lavoura

Os chamados remineralizadores têm permitido aumento da fertilidade do solo e da qualidade das plantas, além de uso menor de insumos químicos.

Para melhorar a fertilidade das plantas e reduzir os custos de produção, milhares de agricultores do país passaram a usar os chamados remineralizadores de solo em diferentes tipos de plantios.

Os remineralizadores foram incluídos na categoria de insumos agrícolas pela Lei 12.890/2013. O texto especifica como remineralizador todo “material de origem mineral que tenha sofrido apenas redução e classificação de tamanho por processos mecânicos e que altere os índices de fertilidade do solo por meio da adição de macro e micronutrientes para as plantas, bem como promova a melhoria das propriedades físicas ou físico-químicas ou da atividade biológica do solo”.

Vale lembrar que o custo da produção de soja no Brasil é maior que nos EUA e o dobro do apurado na Argentina. Clique aqui e confira os dados!

Além de representar uma alternativa aos tradicionais fertilizantes solúveis, os remineralizadores, devido à solubilidade mais baixa, têm efeito residual por vários ciclos de lavouras.

E enquanto a aplicação de fertilizantes solúveis precisa ser parcelada, o que encarece o custo de produção, os remineralizadores são aplicados uma vez para vários ciclos, com efeitos de curto, médio e longo prazos. Podem, ainda, ser usados em combinação com fertilizantes solúveis, de acordo com o manejo do solo.

E por falar em fertilizantes solúveis, em maioria importados, o Farmnews destaca que nos primeiros 6 meses de 2019 a importação de fertilizantes pelo Brasil foi a mais alta da história para o período. Clique aqui e confira!

Especialistas apontam que este movimento tem possibilitado a busca por fontes naturais de nutrientes, como rochas e pedras, que contêm minerais com o potencial de recuperar solos em regiões mais áridas.

Segundo a Embrapa, estima-se que a área plantada no Brasil com os agrominerais já ultrapasse dois milhões de hectares. Só em Goiás, estado pioneiro no uso dos novos insumos, há registro de pelo menos 250 mil hectares plantados com adubação mineral ou biológica.

O objetivo dos produtores, principalmente pequenos e médios, é reduzir a dependência de insumos químicos de preço elevado e garantir a rentabilidade da lavoura. No entanto, a principal queixa deles é a baixa oferta de insumos nacionais eficientes no mercado. Cerca de 95% do cloreto de potássio, por exemplo, um dos fertilizantes mais utilizados no Brasil, são importados.

“A gente quer praticar uma agricultura que seja feita com insumos regionais, para que o dinheiro fique na região. Então, trabalhamos com pó de rocha, fosfato natural, plantas de cobertura da nossa natureza, algumas exóticas, que coloquem fertilidade no solo, e com os bioinsumos, que são bactérias, fungos, microorganismos eficientes para recolonizar o solo”, explica Rogério Vian, produtor rural de Mineiros, município do sudoeste de Goiás.

Apesar dos benefícios já percebidos, os produtores alertam para a falta de consultores e técnicos agrícolas especializados neste tipo de bioinsumo. Os agricultores também esperam o aumento da disponibilidade de produtos no mercado certificados pelo MAPA.

Esses são temas que o Ministério está trabalhando. De acordo com a Lei 12.890, de 2013, o remineralizador é um material de origem mineral que altera os índices de fertilidade e atividade biológica do solo por meio da adição de nutrientes. O registro e fiscalização deste tipo de insumo foram regulados há 3 anos pelo Ministério por meio de instruções normativas.

“A gente tem visto uma preocupação com relação ao uso de produtos para manejo de pragas, mas a gente conhece o milagre da soja brasileira que é realizada em grande parte pela questão de insumos biológicos, que é o caso da fixação biológica, o caso do rizóbio. É com esse cenário que o Ministério está trabalhando à luz da necessidade de olhar para o setor com as particularidades que ele tem”, destaca Mariane Vidal, coordenadora do programa Bioinsumos, no MAPA.

Clique aqui e acesse o artigo completo!

Adaptado do MAPA

Siga o Farmnews, o canal de notícias do agronegócio!

Remineralizadores reduzem custo de produção da lavoura was last modified: by

Zootecnista, editor do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!