logo zoo comp

Zootecnia 50 anos: quando comer, lembre-se de nós!

A zootecnia faz 50 anos! Isso porque o primeiro curso foi criado em 1966 no Rio Grande do Sul e naquela época o objetivo era de formar profissionais com conhecimento específico na área de produção animal, como na área de nutrição, melhoramento genético e sanidade animal.

Desde o início da profissão o perfil e as atribuições do zootecnista foram se adaptando às mudanças e exigências do mercado. Hoje o mercado deste profissional é mais amplo comparado a época de seu início no Brasil. O zootecnista está nas fazendas, universidades, institutos de pesquisa, nas indústrias de insumos ligados a produção animal. Estamos lá, mas também estamos no mercado financeiro, em fundos de investimento, em empresas de tecnologia, de alimentos, comunicação entre outras. Estamos espalhados nos mais diversos segmentos da economia.

Há alguns anos atrás era comum ouvirmos: zoo o que? zootecnia? zootecnista? Hoje todos ou quase todos conhecem nossa profissão e seguramente os que não conhecem certamente vão passar a conhecer, afinal de contas, alimentar o mundo também é um desafio nosso. E olha que esse desafio é grande!

Mas independente do momento e do perfil, o zootecnista sempre teve como principal missão garantir a produção de alimento de origem animal. Produzir alimento com qualidade, em quantidade, respeitando o meio ambiente e o bem estar animal. Seja em qual área da zootecnia estiver, no final de tudo estamos ali para garantir que alimento seguro esteja presente nas prateleiras do comércio de todo país. Se não nos conhece, já precisou de nós, garantimos!

Mas o que significa zootecnia?

O termo surgiu na França em 1843 quando foi separada do curso da agronomia.  O termo “zootechnie”, significa o conjunto de conhecimentos relativos à criação de animais domésticos. No Brasil, a Zootecnia foi trazida pelo professor Nicolau Athanassof, em 1907, que atuou como professor de Zootecnia na Escola Agrícola Luiz de Queiroz (Esalq).

Zootecnia: A disciplina que virou curso

Primeiramente inserida no currículo dos cursos de Agronomia e Medicina Veterinária, a disciplina de Zootecnia gerou muito interesse entre os alunos e com o número crescente de pesquisas e discussões acerca do assunto, veterinários e agrônomos organizaram  em 1951 a primeira reunião anual da SBZ (Sociedade Brasileira de Zootecnia), a qual foi fundada no mesmo ano.

Em 1953, o professor Octávio Domingues e presidente da SBZ propôs o primeiro currículo para o curso de Zootecnia. Após 13 anos, em 1966, foi criado o primeiro curso pela Pontífica Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), sediada na cidade de Uruguaiana.

Atualmente temos 181 cursos em atividade registrados no Ministério da Educação (MEC), disponibilizando 7.728 vagas por ano.

Veja pelos dados a seguir como a zootecnia cresceu nos últimos anos!

total de vagas no curso de zootecnia brasil

percentual de vagas zootecnia estado

Fique atento as notícias e novidades do Farmnews. Cadastre-se e receba semanalmente nossas notícias.

A Farmnews é uma parceria com a Farmlogics,  que disponibiliza recursos de controle online de rebanho e recursos de gestão de informação na fazenda de pecuária de corte. Acesse, cadastre-se e saiba mais!

Zootecnia 50 anos: quando comer, lembre-se de nós! was last modified: by

Zootecnista, editor do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!