alimento de origem animal

Você já imaginou um mundo sem alimento de origem animal?

Os pesquisadores do USDA imaginaram e apresentaram suas perspectivas para um mundo sem alimento de origem animal.

O estudo partiu da suposição do que aconteceria se todos os fazendeiros dos Estados Unidos parassem de produzir alimento de origem animal e a fossemos todos veganos.

Vamos esclarecer, antes de prosseguir, que não estamos aqui para fazer críticas ou defender uma ideologia. Estamos simplesmente trazendo um estudo que apresenta um tema interessante, supondo um cenário sem produção de alimento de origem animal. Aliás, ao final deste artigo você pode acessar a versão original do USDA.

O fato é que muitos buscam mudanças nessa direção, ou seja, que a produção de alimento de origem animal seja extinta devido a preocupações crescentes com a saúde, hábitos alimentares e mudanças climáticas. Diante desse cenário, pesquisadores do USDA  e da Virginia Tech exploraram o assunto e encontraram resultados surpreendentes.

Pesquisadores descobriram que a mudança de uso da terra da produção de alimentos de origem animal para apenas vegetais, aumentaria em 23% a oferta total de alimentos dos EUA.

Por outro lado, uma mudança completa no hábito alimentar da população, sem alimento de origem animal, representaria grandes desafios para atender às necessidades nutricionais dos indivíduos.

Sem carne, leite, ovos, peixe ou queijo em nossas dietas, a população não receberia nutrientes suficientes e essenciais, de acordo com os resultados do estudo. Os resultados são baseados em informações compiladas nas diretrizes dietéticas do USDA.

A eliminação de alimento de origem animal da dieta aumentaria a deficiência em cálcio, vitaminas A e B12 e alguns ácidos graxos importantes. Os últimos são importantes porque ajudam a reduzir a doença cardiovascular e a melhorar a função cognitiva e a visão em lactantes. Os alimentos de origem animal são as únicas fontes disponíveis, não suplementares, de alguns ácidos gordurosos e vitamina B12.

Dieta exclusivamente baseada em vegetais exigiria que os indivíduos comessem mais alimentos e mais calorias diárias para atender às suas necessidades nutricionais. E com relação ao meio ambiente, os ganhos na redução da emissão de gases de efeitos estufa, nos Estados Unidos, seria de cerca de apenas 2,6% das emissões totais.

Para saber mais informações, acesse o estudo do USDA na íntegra. Clique aqui!

A realidade é que a pecuária brasileira é sustentável! Mas a necessidade de dizer que a pecuária brasileira é sustentável aos consumidores e melhorar a comunicação entre os setores, ainda é um desafio. Clique aqui!

O Farmnews é o canal de notícias da Farmlogics!

Você já imaginou um mundo sem alimento de origem animal? was last modified: by

Zootecnista, editor do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!