O Meat Livestock Austrália fez uma breve análise do consumo de carnes e da respectiva percepção dos consumidores ao redor do mundo.

Vale destacar que nesse estudo foi excluído o consumo de pescados e frutos do mar.

O frango é incluído universalmente nas refeições em todos os países, destacando a China (19%), a Jordânia e na Malásia, 52% e 47%, respectivamente. No Canadá o frango está presente em 39% das refeições.

Aliás, como temos destacado no Farmnews, a carne de frango será a proteína mais consumida em 2025, superando a carne suína Clique aqui e saiba mais!

Nos países do Oriente Médio (onde a carne suína não é consumida), a carne de carneiro tem um nível de consumo comparativamente maior, particularmente nos Emirados Árabes Unidos (13% das refeições na semana).

Curiosamente, países fora do Oriente Médio, como a Indonésia, os EUA, a Malásia e a China também estão aumentando o consumo de carnes de carneiro.

O consumo regular de carne bovina é consistente entre 20 a 30% das refeições em todo o mundo. Já o consumo de carne de carneiro varia consideravelmente, e é apenas superior ao da carne de bovino em alguns mercados como do Oriente e na África.

A carne de frango e suína são vistas como proteínas básicas em muitos países. Apesar de não serem percebidos como particularmente nutritivas, essas proteínas são baratas, amplamente disponíveis, fáceis de preparar e são versáteis nas refeições em que podem ser usadas.

A carne  bovina, por outro lado, é percebida como alta em nutrição, premium e superior em qualidade e sabor, e vale a pena pagar mais por (especialmente carne importada com fortes credenciais de segurança e consistência).

O cordeiro é considerado uma opção à carne bovina e continua a ser uma oportunidade inexplorada devido à sua relativa falta de familiaridade entre os consumidores. Muitos consumidores não estão conscientes de como o cordeiro deve ser preparado.

Compreender o comportamento do consumo de carnes entre os mercados fornece informações fundamentais visando obter vantagens competitivas em relação aos concorrentes.

E um exemplo recente foi o acordo bilionário entre a China e os Estados Unidos envolvendo o comércio de carne bovina (clique aqui). E um dos motivadores desse acordo vem do fato que demanda por carne bovina premium tem crescido na China (clique aqui e saiba mais).

Adaptado de MLA, Armindale

O Farmnews é o canal de notícias da Farmlogics!

Consumo de carnes e percepção dos consumidores ao redor do mundo was last modified: by