gases de efeito estufa

Gases de efeito estufa e a pecuária, hora de encerrar o assunto!

Na verdade já passou da hora de encerrar a polêmica relacionada à produção pecuária e a emissão de gases de efeito estufa.

O pecuarista já tem inúmeros desafios dentro da porteira, o que envolve os ganhos de eficiência, qualidade, gestão, aumento da rentabilidade entre outros. E, claro, conscientizar o consumidor que a pecuária é sustentável não deve fazer parte de sua rotina!

Seria mais relevante dar ênfase aos dados econômicos e a importância do agronegócio para o País (clique aqui), bem como ao fato de que os pecuaristas e agricultores contribuem cada vez mais com o meio-ambiente (clique aqui).

Em termos simples, a produção de carne bovina não é apenas sustentável (clique aqui), é regenerativo. E apesar do que os pessimistas afirmam, a pecuária desempenham um papel crítico em nosso ecossistema.

E o mais importante, os consumidores podem desfrutar de carne sem culpa, porque é boa para eles (clique aqui) e para o planeta.

Uma nova pesquisa conduzida pelo pesquisador Albrecht Glatzle, do INTTAS (Iniciativa de Pesquisa e Extensão de Tecnologias Agrárias Sustentáveis) é um bom exemplo. Isso porque, de acordo com Glatzle, “Não há evidência científica de que a pecuária possa representar um risco para o clima da Terra”.

A pesquisa publicada no Climate Dispatch, Glatzle conclui que as emissões geradas pelo gado não está associada às mudanças climáticas. O clima sempre mudou, e até mesmo o aquecimento atual é provavelmente impulsionado por fatores naturais.

Sobre esse assunto, o Farmnews destaca pesquisa da Embrapa que revela ser a emissão de gases de efeito estufa pela pecuária menor que o divulgado até o momento. A pesquisa produzida pela Embrapa promete desmistificar e levantar discussões em torno da emissão de metano pela pecuária. Clique aqui!

Nos últimos anos a produção de carne bovina cresceu (clique aqui) e, ao longo desse período, a concentração atmosférica de metano estabilizou. “Essas observações mostram que a pecuária não é um ator importante no balanço de metano”, afirma o pesquisador.

Aliás, o Farmnews inclusive já apresentou dados que mostram que a importância da pecuária de corte na emissão de gases de efeito estufa. Clique aqui e confira!

É importante destacar que as emissões de metano da indústria de combustíveis fósseis foram, por exemplo, 60 a 110% maiores do que se pensava anteriormente, destaca Gratzle.

O fato é que as emissões de gases de efeito estufa provenientes do gado têm sido interpretadas isoladas de seu contexto ecossistêmico.

E por falar em gases de efeito estufa, saiba que os benefícios da produção integrada, lavoura-pecuária-floresta, vão além da produtividade e do retorno econômico. Clique aqui e confira!

Clique aqui e acesse o material original, na versão em inglês!

Adaptado de Beef Magazine

Siga o Farmnews, o canal de notícias do agronegócio!

Gases de efeito estufa e a pecuária, hora de encerrar o assunto! was last modified: by

Zootecnista, editor do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!