mulheres no agronegócio

A importância das mulheres no agronegócio nacional!

O Farmnews destaca artigo que ressalta o papel das mulheres no agronegócio do Brasil.

O mundo em que vivemos não é mais o mesmo, pois as mulheres vêm ocupando posições transformadoras no nosso cotidiano, sobretudo mostrando o quão fundamentais são para o desenvolvimento da sociedade.

As funções domésticas não são mais suas atribuições exclusivas e nem limitam o seu potencial, pelo contrário, o empoderamento da mulher trouxe perspectivas mais positivas na gestão e inovação de negócios.

Como contextualização, a questão da igualdade de gênero não se restringe ao Brasil e repercute igualmente em outros países.

E no campo o cenário não é diferente. As mulheres no agronegócio tem se destacado e mostrado sua importância!

De acordo com a publicação “O Estado Mundial da Agricultura e da Alimentação”, elaborada pela FAO, as mulheres representam 43% da força de trabalho rural nos países em desenvolvimento.

Estima-se que, ao aumentar o acesso das mulheres aos recursos financeiros e tecnologias necessários, elas poderiam aumentar a produtividade de suas lavouras de 20 a 30%, o que reduziria o número de pessoas subnutridas em até 17%, ou seja, 150 milhões de pessoas.

Mais mulheres no agronegócio e mais produtividade no campo, esse é o resultado, indica estudos da FAO!

As mulheres representam 12,7% dos proprietários de terra no Brasil, porém, tendem a receber menos por seus serviços: cerca de 30% a menos do que os homens. A diferença salarial aumenta na população mais instruída.

Costumes e práticas culturais patriarcais que diminuem a importância social da mulher são os principais motivos para essa diferenciação.

Segundo uma pesquisa sobre mulheres na produção rural, encomendada pela ABAG, foram identificadas 1,3 mil mulheres responsáveis pela gestão ou produção agropecuária no país, sendo que 310 participaram do levantamento das informações.

Mais abertas à inovação e ao conhecimento, 88% são independentes financeiramente e 60% têm ensino superior completo, muitas vezes participando das ações de entidades de representação do setor.

O levantamento revela que 14% das entrevistadas são as principais provedoras das despesas da família, entretanto, indica também que 71% já tiveram alguma experiência em que o fato de ser mulher foi uma barreira para ser ouvida ou ascender profissionalmente.

O estudo aponta, ainda, que elas compensam a falta de conhecimento técnico sobre a produção agropecuária, pois tendem a ser mais conectadas e comunicativas entre si.

As mulheres pesquisadas mostraram um perfil gregário, devido à troca de experiências e informações com vizinhos e consultores, com ênfase no tema sucessão rural e inclusão da família no negócio.

Material adaptado de Marcos Matos – Diretor Geral do CECAFÉ  e Marjorie Miranda – Coord. de Projetos de Responsabilidade Social e Sustentabilidade.

O Farmnews é o canal de notícias da Farmlogics!

A importância das mulheres no agronegócio nacional! was last modified: by

Zootecnista, editor do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!