rebanho australiano

Rebanho australiano deve cai para menor nível em quase 3 décadas

O rebanho australiano deve cair para o nível mais baixo em quase 3 décadas em 2020, após um dos anos mais desafiadores já registrados.

Em 2019, os produtores australianos experimentaram o ano mais quente e seco de todos os tempos, que foi agravado por inundações e incêndios florestais em ambos os finais do ano.

No entanto, apesar de todas essas pressões, a demanda global e doméstica por carne bovina permaneceu forte e ajudou a suportar os preços do gado durante essas condições extremas na Austrália.

O Farmnews apresenta alguns dados da pecuária de corte australiana, valores reais e projetados, entre os anos de 2013 a 2022. Claro, essa perspectiva para 2020 de 28,50 milhões de cabeças foi reduzida sensivelmente.

O fato é que as previsões de abate de bovinos adultos em 2020 caia 15%, para 7,2 milhões de cabeças. As chuvas no início de 2020 renovaram a confiança dos produtores.. Vale lembrar que estimativas anteriores consideram o abate de 8,5 milhões de cabeças para 2020.

O importante é destacar que o abate de vacas no país atingiu novos picos em 2019, mas deve cair em 2020, à medida que o rebanho australiano entrará em fase de recomposição.

Aliás, além da expectativa de queda do rebanho australiano, clique aqui e compare alguns números relacionadas a produtividade da pecuária de corte do Brasil e da Austrália!

O Farmnews apresenta a evolução do estoque dos maiores rebanhos mundiais de bovinos e a perspectiva para 2020. Clique aqui e confira! O Farmnews atualiza também os dados de produção do maiores produtores de carne bovina em 2020. Afinal, como deve evoluir a produção de carne bovina dos principais produtores mundiais em 2020?

Adaptado de MLA

Siga o Farmnews, o canal de notícias do agronegócio!

Rebanho australiano deve cai para menor nível em quase 3 décadas was last modified: by