recuperação da economia

Alimentos contribuem para a recuperação da economia

O setor de alimentos teve influência positiva na recuperação da economia do País, em setembro de 2017.

Isso porque, de acordo com o IBGE, o setor de alimentos cresceu 0,2% em setembro frente a agosto e 2,6% quando comparada a igual período do ano anterior.

Na avaliação de especialistas, apesar da expansão, a retomada é lenta e ainda consiste na recuperação de perdas. Mesmo assim, o cenário cria fundamentos para uma recuperação da economia mais robusta ao longo do próximo ano.

Na passagem de agosto para setembro de 2017, houve taxas positivas em 8 dos 24 ramos pesquisados. O setor de alimentos destaca-se com crescimento de 4,1%, ao lado dos produtos derivados do petróleo e biocombustíveis (6,7%). Apesar do resultado positivo, ambos os setores estão revertendo números negativos do mês anterior: -4,8% e -1,5%, respectivamente.

“Este é um resultado que não chega a entusiasmar e isso por pelo menos dois motivos. O primeiro deles é que o patamar de crescimento é muito baixo, especialmente se tomarmos o recuo de 0,7% de agosto. O segundo motivo a retirar substância da alta de setembro é que ela está concentrada em poucos ramos da indústria. Dentre estes com variação positiva, muitos só compensaram recuos anteriores, como alimentos, derivados de petróleo, máquinas e equipamentos, e atividades extrativas”, avalia o Instituto de Estudos para o Desenvolvimento da Indústria.

O fato é mesmo discretamente, já há sinais de recuperação da economia nacional. Discutimos isso no Farmnews, ressaltando os primeiros números que trazem uma melhor expectativa para o crescimento do consumo no país. Clique aqui e saiba mais!

E não é apenas no Brasil que existe uma expectativa positiva quanto a recuperação da economia. O Fundo Monetário Internacional (FMI) também apresentou uma visão mais otimista para o crescimento da economia mundial. Clique aqui.

O Farmnews é o canal de notícias da Farmlogics!

Alimentos contribuem para a recuperação da economia was last modified: by

Zootecnista, editor do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!