sucessão familiar

Sucessão familiar e a dificuldade de se desligar ou não da atividade

Um dos assuntos polêmicos e de bastante interesse para muitos pecuaristas é com relação a sucessão familiar de seus negócios no campo.

O fato é que na maioria das vezes o assunto sucessão familiar é tratado com desconfiança e dificuldade por aqueles que desejam se aposentar, já que realmente é difícil e preocupante se desligar da atividade.

Isso porque a preocupação com relação ao patrimônio conquistado e a correta condução da atividade é constante, claro. Por isso o Farmnews destaca o material apresentado pelo Beef Magazine que fala do assunto, com algumas dicas de como se preparar e o que pode ser útil para esse momento.

Uma das grandes questões da sucessão familiar é que à medida que a geração mais velha se aposenta, será que eles estão realmente dispostos a “soltar” inteiramente as rédeas da fazenda?

O fato é que a paixão pelo negócio pode tornar complicado determinar quando e se, de fato, uma sucessão familiar ocorrerá e, ainda que ocorra, o quão independente será a nova gestão em relação a antiga.

O Beef Magazine ilustra um exemplo de como a sucessão familiar tem sido conduzida na América do Norte. E esse exemplo pode ser interessante para os fazendeiros brasileiros. Elaine Froese, uma especialista em sucessão familiar para negócios agrícolas revela que programar a aposentadoria e dividir a propriedade em pequenos núcleos de negócios ajuda no processo de  transição.

Froese lista 5 etapas para se preparar para  a sucessão familiar, incluindo:

  • Busque avaliar a propriedade como a união de pequenos negócios, o que facilita na identificação de eventuais falhas e como corrigi-las;
  • Liste o que você deseja realizar na fazenda antes de se aposentar;
  • Conheça muito bem a equipe de trabalho e suas habilidades;
  • E, claro, dentro da lista de desejos no item 2, seja realista com seus objetivos;
  • Esteja aberto a avaliar outras perspectivas sobre os problemas e ideias em relação ao futuro do negócio.

Apesar de cada caso ser um caso, uma dica é planejar com antecedência para evitar ansiedade e desgaste emocional e de trabalho. Saber expor abertamente o tema com a família é sempre o melhor caminho, deixando claro se a atuação gestão pretende, de fato, delegar todas as atividades ou ainda sim, continuar acompanhando o negócio mesmo após a aposentaria.

E por falar em sucessão familiar no campo, o Farmnews apresenta artigo de Ed Siatti, que fala da importância da tecnologia no campo para fechar as lacunas entre gerações no comando de empresas agrícolas. Clique aqui e saiba mais!

Adaptado de Beef Magazine

Siga o Farmnews, o canal de notícias do agronegócio!

Sucessão familiar e a dificuldade de se desligar ou não da atividade was last modified: by

Zootecnista, editor do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!