Nelore or Nellore beef cattle originated from Ongole (Bos indicus) cattle originally brought to Brazil from India. They are named for the district of Nelore in Andhra Pradesh. The Nelore has a distinct large hump over the top of the shoulder and neck. They have long legs which help them to walk in water and when grazing. The Nelore can adapt to all except very cold climates. They are very resistant to high temperatures and have natural resistance to various parasites and diseases. Brazil is the largest breeder of Nelore. Nelore have the shortest ears of most Bos indicus types. There is a naturally polled strain of the breed.The first pair of Ongole cattle arrived in Brazil in 1868 when they were bought from a ship at Salvador, Bahia. Two more were bought from Hamburg Zoo by Manoel Ubelhart Lemgruber from Rio de Janeiro in 1878. The most recent importations from India were of one hundred animals in the 1960s. The Nelore herd book was founded in 1875. Nelore stock have been exported to many South American countries and the United States.  More than 100,000,000 cattle in Brazil have nelore blood[1], making them the majority breed in Brazil. This popularity came from parasite resistance and growth rates. See more about this shot at: ivangomezphotoblog.blogspot.com/2009/04/photoshoot-near-q...

Boi gordo: como os preços se comportaram nos últimos anos

Os primeiros meses do ano de 2016 começam com os preços do boi gordo como os mais altos, em valores nominais, desta série histórica iniciada em 2010.

Na verdade o preço médio atual (parcial, em abril) é o mais alto já registrado nominalmente, ultrapassando a casa dos R$158,0/@ no mercado paulista, segundo indicador CEPEA/ESALQ.

Evolução mensal preços boi gordo em São Paulo
Fonte: Adaptado da base de dados do Cepea (Boi gordo, base SP, à vista, livre de Funrural)

Desde 2014 os preços do boi gordo são maiores quando comparado ao mesmo período do ano anterior.

Em outras palavras, o preço médio de abr-16 é maior que o observado em abr-15 que por sua vez foi maior que abr-14. Nos últimos 3 anos temos observado esta escala de alta de preços do boi gordo, onde no mesmo mês de referência os valores tem sido consecutivamente maiores. Além de comparar a trajetória de preços entre nos anos, é igualmente interessante analisar os preços dentro dos anos, mostrando a evolução de valores entre os períodos de safra e entressafra.

No ano de 2014 os preços apresentaram alta no segundo semestre, saindo ao redor de R$120,0/@ no primeiro semestre para acima da casa dos R$140,0/@ no final do período de entressafra (segundo semestre) daquele ano. Já em 2015 os preços do boi gordo oscilaram menos, assumindo um comportamento mais estável entre período de safra e entressafra, com os valores praticamente no mesmo nível nos dois períodos.

Em 2016 os preços por arroba começaram acima dos praticados nos anos anteriores e embora o objetivo aqui não seja de buscar qualquer previsão ou comportamento futuro, pode-se concluir que é uma boa notícia para os pecuaristas. Apesar do momento favorável de preços, temos ressaltado a importância de avaliar resultado e custos de produção, como no artigo publicado semana passada que fala de custo da arroba produzida. Vale a pena conferir! Lembre-se, o pecuarista que conhece bem os custos da operação pode avaliar melhor cenários de risco, estimar as margens da atividade com maior segurança e, eventualmente, utilizar recursos de proteção de preços com maior eficiência.

Para ilustrar melhor a tendência de preços do mercado pecuário, vamos apresentar (Tabela abaixo) os preços médios anuais do boi gordo desde 2010.

AnoR$ /@Var. anoVar. acum.
2010R$ 86,5
2011R$ 99,415%15%
2012R$ 94,9-5%10%
2013R$ 102,68%19%
2014R$ 126,423%46%
2015R$ 145,415%68%
2016 *R$ 154,36%78%
* preços médios até meados de abr-16 
Dados adaptados do CEPEA/ESALQ 

Desde 2010 o boi gordo acumula uma alta próxima de 80% e atualmente, ainda que baseado em números parciais, já está cotado a médias históricas das mais altas. Nesses últimos 5 anos, ou seja, apenas considerando os preços médios até 2015, quando temos um período de análise anual completa, o boi gordo no mercado de SP acumulou uma alta média de 13,6% ao ano ou cerca de 1,1% ao mês.

Esse é o objetivo do Farmnews, te manter informado! Pecuaristas, profissionais do setor, estudantes e interessados no assunto, sigam nossas notícias.

Siga o Farmnews, o canal de notícias do agronegócio!

Boi gordo: como os preços se comportaram nos últimos anos was last modified: by

Zootecnista, editor do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!