commodities

Commodities agrícolas: preços do milho e soja

No Farmnews, painel de análise de mercado, vamos atualizar os preços do milho e da soja e comparar os preços dessas duas commodities com valores preços praticados no mesmo período dos anos anteriores.

A primeira Figura apresenta o comportamento de preços médio mensal do milho.

 

Fonte: Dados do CEPEA/ESALQ

Fonte: Dados do CEPEA/ESALQ

 

O ano de 2016 segue com os preços nominais do milho como os mais elevados comparados aos meses de todos os anos anteriores.

O preços médio parcial do milho em jul-16, de R$41,9 por saca é 61% superior ao observado no mesmo período do ano passado (jul,15, R$26,0 por saca) e 78% maior que o praticado em jul-14 (R$23,60. Os números destacam a forte alta dos preços praticados em 2016 para a commodity.

A segunda Figura destaca o comportamento de preços médio mensal da soja.

 

Fonte: Dados do CEPEA/ESALQ

Fonte: Dados do CEPEA/ESALQ

 

No caso da soja, o descolamento de preços em 2016 ocorre em patamares menores comparado ao milho. O preço médio parcial da soja em jul-16, de R$90,1  por saca é 23% maior que o praticado um ano antes (jul-15, R$73,0 por saca) e 34% superior em relação a jul-14 (R$67,1 por saca).

Veja que a oscilação da soja foi menor que a apurada para o milho no último ano.

Os dados da Tabela abaixo mostram melhor a tendência de preços dessas duas commodities, em base anual.

 

Milho Soja
Ano R$ por saca Var. R$ por saca Var.
2010 R$ 21,6 R$ 42,2
2011 R$ 30,3 41% R$ 49,0 16%
2012 R$ 29,9 39% R$ 69,1 64%
2013 R$ 27,1 25% R$ 69,0 63%
2014 R$ 27,0 25% R$ 67,2 59%
2015 R$ 29,1 35% R$ 72,6 72%
2016 * R$ 46,3 115% R$ 83,5 98%
* preços médios apurados até jul-16
Dados do CEPEA/ESALQ

 

O importante é ressaltar que ambas commodities valorizaram muito acima da inflação medida pelo IGP-M, por exemplo.

Enquanto o milho e a soja apresentam variação acumulada de 115% e 98%, respectivamente desde 2010, o IGP-M apresenta alta de 61,7% no período.

A alta dos preços do milho é creditada ao baixo nível de estoque do grão, que em relação ao início da safra passada (safra 14/15) está cerca de 57% menor (de 13,9 para os atuais 5,9 milhões de toneladas). A queda do estoque de milho é impulsionada por uma produção menor na safra atual e um mercado de exportação aquecido.

Em relação a soja, o estoque nacional está relativamente estável em relação as safras anteriores. O destaque para o grão e que justifica o movimento de alta refere-se principalmente a queda dos estoques mundiais para a commodity.

Cadastre-se no Farmnews e receba semanalmente notícias do mercado pecuário e agrícola. É grátis!

O Farmnews é uma parceria com a Farmlogics – http://www.farmlogics.com.br que oferece recursos de gestão de rebanho e índices zootécnicos em um ambiente online e acesso remoto. Cadastre-se e saiba mais!

Commodities agrícolas: preços do milho e soja was last modified: by

Zootecnista, editor do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!