competitividade da carne bovina

Como está a competitividade da carne bovina em 2019?

O Farmnews apresenta dados que mostram a competitividade da carne bovina em termos de preços frente aos seus principais concorrentes.

Afinal de contas, como se comportaram os preços da carne bovina, do suíno e do frango nos 6 primeiros meses de 2019, no mercado atacadista de São Paulo?

A Tabela a seguir apresenta os dados de preços da carcaça bovina (dados do IEA) e da carcaça suína especial (Cepea) e do frango resfriado, todos no atacado paulista, entre janeiro e junho de 2019.

competitividade da carne bovina

A carne bovina no atacado foi a que menos acumulou alta nos 6 primeiros meses do ano comparado as carnes de frango e suíno.

E isso mostra que a competitividade da carne bovina aumentou no 1° semestre de 2019.

Contudo, vale lembrar que os cortes do dianteiro com osso e a ponta de agulha acumularam forte alta na parcial do ano, acima de 20% (clique aqui), enquanto os cortes do traseiro com osso, por outro lado, apresentaram queda.

Pois é, mas na média a carne bovina acumulou uma alta muito inferior ao frango e ao suíno. Aliás, a alta acumulada da carne suína no atacado paulista é de quase 30% entre janeiro e junho de 2019.

Vale lembrar que contribui para a alta de preços da carne suína, o aumento da exportação dessa carne pelo Brasil (clique aqui) em razão da crise de produção de suínos na China (clique aqui).

E por falar na competitividade da carne bovina, clique aqui e confira os países em que o preço da carne bovina são os mais caros do mundo. E, claro, descubra também em que posição está o Brasil no rank de preço da carne bovina!

E por falar em preço da carne bovina, a picanha liderou a queda de preços dos cortes no Brasil nos 6 primeiros meses de 2019. Clique aqui e confira!

Siga o Farmnews, o canal de notícias do agronegócio!

Como está a competitividade da carne bovina em 2019? was last modified: by

Zootecnista, editor do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!