compra de carne bovina

Compra de carne bovina do Brasil pela China cresce 32% em setembro

A compra de carne bovina brasileira pela China cresceu forte em setembro de 2019.

Isso porque em setembro de 2019 os chineses compraram o equivalente a US$222,39 milhões, valor 32,2% maior que o apurado no mesmo período de 2018 (US$168,17 milhões).

A Tabela a seguir apresenta os dados de compra de carne bovina, em milhões de dólares, dos principais países exportadores em setembro de 2018 e 2019, segundo dados do MDIC.

O faturamento com a exportação de carne bovina brasileira caiu 11,8% em setembro de 2019 frente ao mesmo período de 2018. Contudo, no acumulado parcial do ano, até setembro, segue acumulando ganho frente ao observado entre janeiro e setembro de 2018. Clique aqui e confira os dados de receita, embarques e preço da exportação de carne bovina do Brasil.

O fato é que o aumento da participação da China na compra de carne bovina nacional era esperado frente a crise de produção de carne suína no país asiático.

A crise de produção de suínos na China (clique aqui) tem efeito positivo no mercado de proteína de origem animal (clique aqui) e negativo para a soja.

Vale destacar que não foi apenas a participação da China na exportação de carne bovina do Brasil que aumentou na parcial de 2019. Destaques ficam para o forte crescimento das compras da Rússia e Israel, como destacam os dados da Tabela acima.

Por outro lado, a maioria dos principais compradores de carne bovina do Brasil apresentaram queda, com destaque para as fortes quedas de Hong Kong, Itália e Irã.

Desde 2018 a China se tornou o maior importador de carne bovina, superando os EUA. O fato é que nos últimos 2 anos, ou seja, desde 2018, a China substituiu os EUA como o maior importador de carne bovina do mundo.

Siga o Farmnews, o canal de notícias do agronegócio!

Compra de carne bovina do Brasil pela China cresce 32% em setembro was last modified: by

Zootecnista, editor do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!