compra de carne bovina

Compra de carne bovina do Brasil pela China triplica em janeiro de 2020

A compra de carne bovina brasileira pela China cresceu 3 vezes em janeiro de 2020 frente ao observado no mesmo período de 2019.

Isso porque em janeiro de 2020 a China importou o equivalente a US$322,7 milhões em carne bovina in natura do Brasil, valor 200,8% maior que o observado em janeiro de 2019 (US$107,2 milhões).

Pois é, além de crescer cerca de 3 vezes em relação a 2019, a compra de carne bovina pela China representou mais de 50% da receita total do País no primeiro mês de 2020.

Vale lembrar que em janeiro de 2020 a receita com a exportação de carne bovina in natura do Brasil subiu 50,0% em relação ao praticado no mesmo período de 2019, embora tenha caído em relação ao mês anterior, dezembro de 2019. Clique aqui e confira os dados!

E não foi apenas a China que apresentou alta no ritmo de compra em janeiro de 2020. Países como Uruguai, Rússia, Israel e Arábia Saudita apresentaram ganhos relevantes frente ao mesmo período de 2019.

A compra do Uruguai passou de US$4,3 milhões em janeiro de 2019 para US$11,9 milhões em janeiro de 2020. No mesmo período, a Rússia aumentou as compras de US$9,6 milhões para US$19,9 milhões, enquanto Israel foi de US$6,8 milhões para US$16,8 milhões. No caso da Arábia Saudita, o aumento foi de US$10,3 milhões para US$16,9 milhões.

O lado negativo ficou para Hong Kong, com queda de 11,3%, além da Itália e Emirados Árabes Unidos. Dentre os 3 países que apresentaram queda na compra de carne bovina do Brasil, o destaque fica para os italianos, com redução de 40,5% entre janeiro de 2019 (US$18,2 milhões) e 2020 (10,8 milhões).

E vale lembrar que o preço da carne bovina exportada do Brasil alcançou em dezembro de 2019 o maior patamar histórico em Reais. Clique aqui e saiba mais do assunto.

Siga o Farmnews, o canal de notícias do agronegócio!

Compra de carne bovina do Brasil pela China triplica em janeiro de 2020 was last modified: by