consumo de carne bovina

A expectativa do consumo de carne bovina em 2018 era positiva…

A melhora no consumo de carne bovina no Brasil ainda não aconteceu como o esperado em 2018.

Segundo levantamento do Cepea, os preços do boi gordo finalizaram o primeiro quadrimestre de 2018 enfraquecidos. Considerando-se as médias mensais, o Indicador Cepea/Esalq do boi gordo (estado de São Paulo, à vista) caiu 3,56% na parcial de 2018, até abril.

Aliás, clique aqui e confira a variação acumulada dos preços do boi gordo, bezerro, milho e soja, segundo dados do Cepea nesses 4 primeiros meses de 2018.

O valor médio de abril, especificamente, foi o menor desde agosto de 2017, quando a arroba do boi gordo era negociada a R$138,52, em termos reais – valores foram deflacionados pelo IGP-DI de março/18. Esse cenário se deve, especialmente, ao fraco ritmo das vendas da carne no mercado brasileiro, visto que a oferta de boi gordo para abate não está elevada.

Pois é, com o consumo de carne bovina ainda fraco, muitos agentes do setor consultados pelo Cepea afirmam que ainda não sentiram a recuperação da economia esperada para o Brasil neste ano.

E se o consumo interno de carne bovina segue fraco em 2018, a exportação de carne bovina do Brasil, apesar de apresentar números positivos nos 3 primeiros meses do ano, caíram de modo significativo em abril de 2018 (clique aqui).

Vale destacar que além do consumo de carne bovina no mercado interno não permitir uma maior recuperação de preços do boi gordo, os custos de produção tem aumentado ao longo do ano. E isso pode ser comprovado, por exemplo, pelo aumento dos custos da engorda confinada, conforme dados do ICBC (clique aqui e veja os números de março de 2018).

E por falar em consumo de carne bovina, clique aqui e confira o consumo da carne por país!

Adaptado do Cepea

Siga o Farmnews, o canal de notícias do agronegócio!

A expectativa do consumo de carne bovina em 2018 era positiva… was last modified: by

Zootecnista, editor do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!