custo de produção

Custo de produção de frango e suíno segue em queda

O custo de produção de frangos de corte e de suínos divulgados pela Embrapa registrou mais um mês de queda em março de 2017.

ICP/Embrapa – Os índices de custos de produção foram criados em 2011 pela equipe de socioeconomia da Embrapa Suínos e Aves e Conab.

O ICPFrango/Embrapa refere-se aos custos de produção no Paraná para aviário tipo climatizado em pressão positiva, modelo referencial de produção.

Já o ICPSuíno/Embrapa é obtido a partir de resultados de custos da produção de suínos em sistema ciclo completo em Santa Catarina.

O ICPFrango/Embrapa fechou março com baixa de 4,39% em relação ao mês anterior.

A última vez que o índice da Embrapa de custo de produção de frangos de corte havia registrado nível semelhante foi em setembro de 2015.

O custo de produção no Paraná, maior produtor nacional e usado como referência, foi de R$2,42 por kg de frango vivo (R$0,11 a menos que em fevereiro e R$0,19 a menos que em janeiro).

No ano, o ICPFrango acumula baixa de 11,13%, enquanto nos últimos 12 meses a variação está negativa em 12,90%.

Já o ICPSuíno/Embrapa oscilou -4,30%, fechando no menor nível de custo de produção desde setembro de 2015.

O custo de produção do kg de suíno vivo em ciclo completo em Santa Catarina, maior produtor nacional e usado como referência no índice, ficou em R$3,37 em março, 15 centavos a menos que em fevereiro.

Principal item na composição do ICPSuíno (73,28% do preço), a nutrição dos animais recuou 4,21% em março, representando R$ 2,47 do total do custo de produção.

Em 2017, o ICPSuíno acumula queda de 12,80%, e chega a -11,28% nos últimos 12 meses.

Por Lucas Scherer Cardoso – Embrapa Suínos e Aves

O Farmnews é o canal de notícias da Farmlogics – www.farmlogics.com.br. Cadastre-se e confira nossa plano grátis de gestão de fazenda de pecuária de corte!
Custo de produção de frango e suíno segue em queda was last modified: by

Zootecnista, editor do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!