demanda chinesa por carne bovina

Demanda chinesa por carne bovina do Brasil no 1° trimestre de 2018!

A demanda chinesa por carne bovina do Brasil segue aumentando no ano de 2018.

Além do melhor desempenho das exportações de carne bovina do Brasil no 1° trimestre de 2018 em relação ao mesmo período do ano passado (clique aqui).

No primeiro trimestre de 2018 o Brasil faturou US$1,29 bilhão com a venda de carne bovina para o exterior. Isso representa uma alta de 20,1% sobre o mesmo período de 2017. E é importante destacar que esse é o segundo melhor trimestre em termos de receita, perdendo para o ano de 2014 na base trimestral de comparação.

Mas o destaque tem sido a crescente demanda chinesa por carne bovina brasileira. Segundo a Abrafrigo, o mercado chinês, através das importações diretas pelo continente somadas às que entram por Hong Kong, efetuou compras de 171.249 toneladas no trimestre o que representou 46,1% das exportações brasileiras.

Para se ter uma ideia, no primeiro trimestre de 2017 as vendas para aquele mercado representavam 35,8%. O mês de março seguiu os resultados dos dois primeiros meses do ano e também foi muito bom para a carne bovina brasileira no mercado internacional. A comercialização atingiu 148.904 toneladas e a receita US$ 590.2 milhões, crescimento respectivo de 20% e 21% sobre março de 2017. Aliás, clique aqui e confira os principais compradores de carne bovina do Brasil em março de 2018!

Depois da China, o Egito, outro cliente importante, voltou as compras de maneira muito forte com movimentação de 47.842 toneladas contra apenas 15.004 toneladas em março de 2017. O Chile também ampliou suas importações de 12.592 toneladas em março de 2017 para 23.888 toneladas em março de 2018.

Segundo a Abrafrigo, os resultados no mercado internacional hoje constituem importante escape para compensar a queda nas vendas no mercado interno, que não vem apresentando recuperação desde que foi deflagrada a Operação Carne Fraca. A Operação, por sinal, também continua refletindo até hoje em queda de vendas para os países integrantes da União Europeia e para os Estados Unidos.

No entanto, para o mercado russo, que já chegou a ser o maior importador da carne bovina brasileira, há perspectivas de reabertura das importações ainda no primeiro semestre de 2018, o que pode melhorar ainda mais o desempenho do país nos próximos meses. Clique aqui e confira os dados históricos que mostram a queda da importância do mercado russo na exportação de carne bovina do Brasil.

E por falar em demanda chinesa por carne bovina do Brasil, clique aqui e veja a evolução das compras do país asiático nos últimos anos!

Adaptado da Abrafrigo

Siga o Farmnews, o canal de notícias do agronegócio!

Demanda chinesa por carne bovina do Brasil no 1° trimestre de 2018! was last modified: by

Zootecnista, editor do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!