demanda japonesa por carne

Demanda japonesa por carne bovina dos EUA segue em alta em 2018

A demanda japonesa por carne bovina dos Estados Unidos segue em alta em 2018.

Apesar dos receios dos pecuaristas norte-americanos com a disputa comercial com a China (clique aqui), o mercado pecuário do país tem também motivos para celebrar. Isso porque o Japão mantém aquecida a procura por carne bovina do país, o que tem acontecido desde o ano passado (clique aqui).

Vale lembrar que em 2017 a demanda japonesa por carne bovina dos Estados Unidos superou 300 mil toneladas, o que fez dos Estados Unidos o maior exportador de carne bovina para o país asiático.

A expectativa é que a demanda japonesa por carne bovina alcance, em 2018, o maior patamar desde o ano de 2001.

As compras de carne de bovina no Japão devem aumentar em 2018, inclusive a  crescente demanda dos consumidores asiáticos podem fazer com que a importação de carne bovina do país atinja o maior patamar em 14 anos.

O consumo de carne bovina no Japão cresceu 6,8% na parcial de 2017, o aumento anual mais rápido em pelo menos 12 anos.

Diante do fato, os Estados Unidos estão fazendo um campanha no país para promover o consumo de steaks. Bom, cabe lembrar que o consumo de carne bovina pelos japoneses difere dos brasileiros, argentinos, americanos. Por lá a carne bovina é normalmente cortada em pequenas tiras e cozidas ou fritas.

E é por isso que os Estados Unidos buscam incentivar os japoneses a conhecer o sabor de um grelhado de um corte mais suculento. E essa campanha envolve desde os compradores de carne do país asiático, os açougueiros de lá e, claro, os cozinheiros orientais.

Clique aqui e confira dados que mostram a importância do mercado de exportação para a pecuária de corte dos Estados Unidos.

Siga o Farmnews, o canal de notícias do agronegócio!

Demanda japonesa por carne bovina dos EUA segue em alta em 2018 was last modified: by

Zootecnista, editor do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!