exportação de bovinos

Exportação de bovinos vivos tem pior janeiro dos últimos 3 anos

Os dados de exportação de bovinos vivos do Brasil em janeiro de 2020 apresentaram o pior início de ano desde 2017.

O fato é que a exportação de bovinos vivos em janeiro de 2020 somou o equivalente a US$12,41 milhões, uma forte queda de 34,3% em relação ao valor observado no mesmo período de 2019 (US$18,88 milhões).

Na verdade a receita de janeiro de 2020 com a exportação de bovinos vivos foi a menor para o período desde 2017, quando o País comercializou o equivalente a apenas US$0,10 milhão em bovinos vivos.

Além da queda em relação ao mesmo período de 2019, a receita com a exportação de gado em pé do Brasil caiu também frente a dezembro de 2019, uma vez que no final do ano passado a venda somou o equivalente a US$13,33 milhões.

Aliás, clique aqui e confira os dados completos de exportação de bovinos vivos do Brasil ao longo dos últimos anos, de 2010 a 2019. Vale lembrar que a exportação de bovinos vivos do Brasil acumulou forte queda em 2019 e ao longo da última década.

Em janeiro de 2020 a venda de animais vivos ficou concentrada no Iraque, Turquia e Egito. A soma desses 3 países representa cerca de 80% da receita total da exportação do País, sendo que o Iraque participa com 30% e a Turquia com 29% do faturamento. O Egito, terceiro maior importador, participa com 21% da receita brasileira com a venda de bovinos vivos.

O Farmnews apresenta os principais estados exportadores de bovinos vivos do Brasil em 2019 e 2018. Afinal, quais os maiores estados exportadores de bovinos vivos do Brasil e como evoluiu a participação de venda entre os anos de 2018 e 2019? Clique aqui e confira!

E ao contrário do mercado de bovinos vivos, a exportação de carne bovina do Brasil começou 2020 a todo vapor, apresentando forte alta frente ao apurado em 2019. Clique aqui e confira!

Siga o Farmnews, o canal de notícias do agronegócio!

Exportação de bovinos vivos tem pior janeiro dos últimos 3 anos was last modified: by