exportação de carne suína

Dados da exportação de carne suína no 1° semestre de 2011 a 2020

O Farmnews apresenta dados da exportação de carne suína do Brasil na primeira metade de 2020 e dos últimos 10 anos.

Afinal, como evoluíram os dados de receita, embarque e preço médio da carne suína exportada do Brasil no 1° semestre, em 10 anos, de 2011 a 2020?

A Tabela a seguir apresenta os dados de receita, em bilhões de dólares, embarques, em milhões de toneladas e do preço médio em dólares por kg, da carne suína exportada do Brasil entre janeiro e junho, de 2011 e 2020, segundo dados do MDIC

O fato é que os dados da exportação de carne suína deram um salto em 2020, tanto em receita como no ritmo de embarques e, alcançando valores recorde.

E um dos fatores que influenciam a alta da venda de carne suína brasileira no mercado internacional, além da desvalorização do Real, está relacionada a queda na produção do maior produtor mundial, a China. Pois é, apesar da atenção mundial esteja agora mais relacionada aos efeitos da COVID-19, a febre suína continua a se espalhar e preocupa também a Europa! Clique aqui e saiba mais do assunto!

Como consequência da doença e do comprometimento da produção de suínos na China, a exportação de carne suína do Brasil tem disparado em 2020. Clique aqui e confira os dados!

Mas voltando aos dados de 2020, na primeira metade do ano o Brasil exportou o equivalente a US$1,0 bilhão, o que representa alta de 55,0% frente ao valor observado no 1° semestre de 2019 (US$650,0 milhões).

Em termos de embarques, o Brasil comercializou 421,0 mil toneladas de carne suína entre janeiro e junho de 2020, alta de 38,4% em relação ao apurado no mesmo período e 2019 (304 mil toneladas).

Essa primeira metade de 2020 tem sido um ano de aprendizado, adaptações e também uma oportunidade para refletirmos sobre o agronegócio…mais uma vez. Clique aqui e saiba mais!

Receba os estudos do Farmnews no WhatsApp!

Dados da exportação de carne suína no 1° semestre de 2011 a 2020 was last modified: by