export-bov-vivos-jul-19

Exportação de gado em pé segue acumulando queda em 2019

A exportação de gado em pé do Brasil segue acumulando queda na parcial de 2019, até julho.

O Brasil exportou o equivalente a US$26,16 milhões em bovinos vivos em julho de 2019, valor 23,2% menor que a receita apurada no mesmo período de 2018, de US$34,06 milhões.

Em termos de embarques, a exportação de gado em pé em julho de 2019 somou 13,1 mil toneladas, queda de 12,1% em relação a julho de 2018 (14,9 mil toneladas).

O preço médio dos bovinos vivos exportados igualmente caiu, passando de US$2,27/kg em julho de 2018 para US$1,99/kg em julho de 2019.

A exportação de carnes do Brasil, entre os meses de janeiro e julho, avaliada em faturamento, foi a maior dos últimos 5 anos. Clique aqui e saiba mais do assunto!

E não foi apenas na base anual de comparação que a exportação de gado em pé do Brasil apresentou queda em julho de 2019, uma vez que em relação ao mês anterior, igualmente caiu.

Em relação ao mês anterior, junho de 2019, a receita com a exportação de bovinos vivos de julho foi inferior em termos de faturamento e ritmo de embarques. Em junho de 2019 o País faturou US$36,2 milhões com a venda de gado vivo para o exterior, 38,6% maior que o observado em julho de 2019 (US$26,1 milhões).

Os embarques de junho de 2019 foram 61,1% superiores a julho de 2019, variando de 21,1 mil toneladas para 13,1 mil toneladas, respectivamente. A única variável que apresentou alta em julho de 2019 foi o preço, uma vez que o valor médio foi de US$1,99/kg e em junho de US$1,77/kg.

E você sabe qual o principal país importador de bovinos vivos do Brasil em 2019? Clique aqui e descubra!

Clique aqui e confira também a expectativa de crescimento da exportação de carnes e grãos do Brasil ao longo dos próximos 10 anos!

Siga o Farmnews, o canal de notícias do agronegócio!

Exportação de gado em pé segue acumulando queda em 2019 was last modified: by

Zootecnista, editor do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!