exportação de soja

A exportação de soja frente ao coronavírus, o que foi observado?

A exportação de soja brasileira avançou em fevereiro de 2020 frente ao mês anterior, apesar dos receios de queda de demanda.

O fato é que ao contrário do milho (clique aqui) que apresentou forte queda nas vendas externas em fevereiro de 2020, a soja apresentou dados positivos, mesmo com os efeitos negativos do coronavírus na economia mundial.

Pois é, a exportação de soja do Brasil somou o equivalente a US$1,78 bilhão em fevereiro de 2020, valor 247,5% maior que o observado em janeiro de 2020 (US$0,51 bilhão). Por outro lado, comparado ao mesmo período do ano passado, a receita apresentou leve queda, uma vez que em fevereiro de 2019 a exportação de soja foi de US$1,87 bilhão.

Em termos de embarque as vendas somaram 5,11 milhões de toneladas em fevereiro de 2020, valor 2,9 e 243,7% menor e maior que o apurado em fevereiro de 2019 (5,26 milhões de toneladas) e janeiro de 2020 (1,48 milhões de toneladas), respectivamente.

E por falar em queda, clique aqui e confira os dados de exportação de soja do Brasil em 2019 que, aliás, ficaram muito abaixo do que foi observado em 2018 devido a forte queda da demanda chinesa.

Com relação a preços, o valor apurado em fevereiro de 2020 foi de US$348,60 por tonelada, superior ao observado em janeiro de 2019 (US$344,90 por tonelada), mas inferior ao praticado no mesmo período e 2019 (US$355,90 por tonelada).

No mercado físico a soja foi a que apresentou a menor alta comparada as commodities agrícolas acompanhadas pelo Farmnews, boi gordo, bezerro, milho e soja. Clique aqui e saiba mais do assunto!

Clique aqui e confira também como evoluiu a exportação de carne bovina do Brasil em fevereiro de 2020.

Siga o Farmnews, o canal de notícias do agronegócio!

A exportação de soja frente ao coronavírus, o que foi observado? was last modified: by