china-export-carne-1sem-20-2

Dados dos importadores de carne bovina no 1° semestre de 2020

O Farmnews apresenta os dados de compra dos importadores de carne bovina do Brasil na primeira metade de 2020

Afinal, como evoluíram os dados de compra e a respectiva participação na receita de exportação de carne bovina brasileira, por país, entre o 1° semestre de 2019 e 2020?

A Tabela a seguir apresenta os dados de compra, em milhões de dólares, em carne bovina do Brasil, pelos principais importadores no 1° semestre de 2019 e 2020, segundo dados do MDIC.

E antes de falar especificamente em China, é importante destacar que a exportação de carne bovina alcançou recorde histórico 2020. Clique aqui e confira os dados do 1° semestre de cada no, ao longo da última década, de 2011 a 2020.

O fato é que a a China foi responsável por US$1,86 bilhão da receita com a exportação de carne bovina do Brasil pela China no 1° semestre de 2020, uma alta de 165,4% em relação ao mesmo período do ano anterior (US$0,69 bilhão).

A Figura abaixo ilustra a participação dos países na receita de exportação de carne bovina do Brasil entre janeiro e junho de 2020.

Fonte: Dados do MDIC (adaptado por Farmnews)

Dentre os maiores importadores de carne bovina do Brasil, destaque para a China que participou nos primeiros 6 meses de 2020 com mais de 50% da receita desse mercado.

Caso se some a compra de carne bovina do Brasil por China e Hong Kong, a participação consolidada alcançaria 64,2%, uma vez que Hong Kong importou US$0,36 bilhão no 1° semestre de 2020.

E, claro, além de China e Hong Kong, completam a lista dos principais importadores de carne bovina do Brasil o Egito, Chile e Rússia, nessa ordem.

E por falar em exportação de carne bovina, o USDA apresenta dados revisados da expectativa de exportação mundial de carne bovina para 2020, em um cenário que já considera os efeitos da COVID-19. Clique aqui e confira!

Receba os estudos do Farmnews no WhatsApp!

Dados dos importadores de carne bovina no 1° semestre de 2020 was last modified: by