mercado de carne

Disputa por mercado de carne bovina se intensifica em 2018!

A expectativa é de acirramento da disputa por mercado de carne bovina entre os maiores exportadores mundiais em 2018.

A concorrência no mercado de carne bovina se intensificará nos próximos 2 anos, já que quase todos os principais produtores de carne bovina aumentam a produção e buscam simultaneamente ampliar mercados, especialmente da Ásia e o Oriente Médio.

O Brasil, Índia, Estados Unidos e Austrália buscam fortalecer suas vendas internacionais no mercado de carne bovina. Os Estados Unidos em especial, que vivem um momento de aumento de oferta de carne bovina, atingindo patamares recordes históricos, o mercado de exportação passa a ter uma atenção ainda mais especial.

No caso da Brasil, a importância do mercado de carne bovina internacional também é grande, ainda mais que o consumo interno ainda não se recuperou como o esperado (clique aqui). Nesse aspecto, vale lembrar que as exportações de carne bovina do Brasil estão mais concentradas nos países asiáticos (China e Hong Kong) que é o foco dos demais concorrentes. Aliás, clique aqui e acesse os dados dos principais países importadores de carne bovina do Brasil em 2017.

E apesar do mercado asiático ser o principal comprador nacional, os Estados Unidos se aproveitam do fim das restrições ao mercado chinês e fecharam acordos bilionários envolvendo o comércio de carnes entre os países (clique aqui).

E não é apenas os Estados Unidos que avançam nas negociações com os países asiáticos. A Austrália está buscando aumentar suas vendas de carne bovina resfriada aos chineses, visando atender um mercado mais exigente em termos de qualidade (clique aqui).

No caso da Índia, apesar da queda no ritmo das exportações de carne bovina em 2017 (baixa de 5% frente a 2016), as vendas para o Vietnã devem seguir em ritmo alto. Aliás, o Vietnã compra mais de 50% do volume exportado pela Índia (cerca de 687 mil toneladas anuais) .

Vietnã, inclusive, é um dos países para o qual o Brasil busca expandir mercados, ao lado da Indonésia. Indonésia que é um dos principais mercados australianos.

Vale lembrar também que o USDA projeta que o crescimento das importações de carne bovina da China atinja cerca de 70,0% entre 2016 e 2025, o maior aumento dentre os compradores. Clique aqui e saiba mais sobre o assunto!

Pois é, a disputa por mais espaço no mercado mundial de carne bovina ganha cada vez mais destaque entre os principais produtores mundiais, com atenção voltada, claro, ao mercado chinês.

Siga o Farmnews, o canal de notícias do agronegócio!

Disputa por mercado de carne bovina se intensifica em 2018! was last modified: by

Zootecnista, editor do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!