Empresas do setor ainda podem participar da pesquisa salarial

As empresas que ainda não se inscreveram para participar da Pesquisa Salarial da ANR vão ter mais uma chance.

Como a reunião geral sobre a pesquisa salarial (clique aqui) foi transferida para 10 de agosto, os estabelecimentos podem encaminhar seus dados para integrar a edição 2017.

O encontro sobre pesquisa salarial foi postergado em razão da ponderação de vários dos já inscritos para aguardar o impacto da Lei da Gorjeta (clique aqui) sobre os ganhos dos colaboradores. Assim, será possível evitar distorções ocasionadas pelo fato de algumas empresas já terem adotado a nova Lei e outras ainda não.

Um dos principais indicadores de gestão para empresas do setor de bares, restaurantes e serviços de alimentação, o estudo irá englobar uma lista de 64 cargos, de cumin a gerente de operações, que irá ajudar os estabelecimentos a reter talentos e melhorar suas políticas de benefícios.

“Em nosso encontro trataremos desde orientações para entrega dos dados até o cronograma para levantamento e análise”, afirma Benedito Pontes, consultor da ANR e sócio da BRPontes, responsável pelo estudo. Pontes é autor de livros como Administração de Cargos e Salários(2005) e Gestão de Profissionais Em Empresas Competitivas (2001).

Entre outros aspectos que serão esclarecidos estão os tipos de serviços no mercado, bem como as regiões e cargos avaliados, incluindo os benefícios.“ A entrega das informações deverá ser feita na primeira semana de agosto. Os relatórios da pesquisa serão liberados até o final do mês”, completou o consultor. Os dados serão tratados de forma confidencial.

Para se inscrever, os valores variam a partir de R$1 mil para associados e de R$3 mil para não-associados. Empresas de um mesmo grupo pagam apenas uma inscrição. Os participantes devem enviar o termo de adesão preenchido para: comunicacao@anrbrasil.org.br.

O Governo conseguiu a aprovação da reforma trabalhista (clique aqui)

Ao lado de outras entidades, a ANR teve importante atuação ao levar ao Governo questões fundamentais para o avanço nas relações trabalhistas, principal marca do texto aprovado da reforma trabalhista.

O Foodnews destaca artigo da ABIA que mostra ser o Brasil o país campeão de ações trabalhistas e da importância da reforma trabalhista (clique aqui e saiba mais)!

Siga o Foodnews, o canal de notícias da gastronomia!

Empresas do setor ainda podem participar da pesquisa salarial was last modified: by