preço da carne suína

Preço da carne suína do Brasil dispara no mercado internacional

O preço da carne suína do Brasil apresentou forte alta em outubro de 2019 na base anual de comparação.

Aliás, as exportações brasileiras de carne suína aumentaram expressivamente em outubro, atingindo o terceiro maior volume da série história da Secex, iniciada em 1997.

A receita em Real, por sua vez, foi recorde. De acordo com os dados do MDIC, foram embarcadas 67,3 mil toneladas de produtos suínos, gerando receita de R$607,63 milhões.

O volume embarcado em outubro foi 17,8% maior que o de setembro de 2019 e esteve 8,6% acima do observado em outubro de 2018. Para o faturamento em moeda nacional, os incrementos foram de 19,4% e de 51%, respectivamente (Secex). O recorde na receita esteve atrelado ao preço pago pela tonelada em dólar e também pelo elevado patamar do câmbio.

Em outubro de 2019 o preço da carne suína do Brasil foi de, em média, US$2,21/kg, o maior de 2019 e 28% acima da média de outubro de 2018.

Já o dólar teve média de R$4,08 no mês, leve queda de 0,9% frente a setembro, mas ainda um dos maiores patamares deste ano e 8,6% acima do observado em outubro de 2018.

O fato é que a crise de produção de suínos da China tem impulsionado as exportações de proteína de origem animal do Brasil. Inclusive em outubro de 2019 a exportação de carne bovina alcançou o maior valor histórico (clique aqui).

O Farmnews apresenta os dados esperados de produção de suínos no Brasil nos anos de 2019 e 2020. Clique aqui e saiba mais do assunto!

Adaptado do Cepea

Siga o Farmnews, o canal de notícias do agronegócio!

Preço da carne suína do Brasil dispara no mercado internacional was last modified: by

Zootecnista, editor do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!