preço do milho

Demanda impulsiona preço do milho que segue em alta em novembro

O preço do milho em novembro alcançou o maior patamar do ano em novembro, superando R$47,0 por saca.

No acumulado parcial de novembro, o grão apresenta alta de 14,4%, já que iniciou o mês a R$41,55 por saca e no dia 25 o valor foi de R$47,54 por saca.

No ano a alta foi de 21,1% até o dia 25 de novembro, pois o milho iniciou 2029 a R$39,26 por saca. Aliás, esse movimento de alta do preço do milho no mercado físico tem igualmente contribuído para a alta do preço futuro do milho. Clique aqui e confira a evolução dos valores do contrato com vencimento em março de 2020 (CCMH20).

A Figura a seguir ilustra a evolução do preço diário do milho, em valores nominais, segundo dados do indicador Cepea, em 2019, até o dia 25 de novembro.

preço do milho
Fonte: Dados do Cepea (adaptado por Farmnews)

Segundo o Cepea, o movimento de elevação segue atrelado à demanda aquecida. Muitos compradores consultados pelo Cepea mostram necessidade de recompor estoques, mas têm dificuldades em encontrar grandes lotes. Com isso, esses agentes acabam cedendo a patamares maiores de preços. Já vendedores estão afastados do spot, na expectativa de preços maiores.

Vale destacar que apesar do movimento de alta do grão, a relação de troca com o boi gordo melhorou para o pecuarista. Aliás, o poder de compra do pecuarista em relação ao milho foi a melhor em mais de 2 anos em novembro e esteve próximo de 5,0 sacas por arroba (clique aqui).

O melhor poder de compra do pecuarista está associado a forte alta no preço do boi gordo (clique aqui) observada desde outubro de 2019, fazendo com que o boi gordo acumulasse alta próxima a 55% no ano, variando de R$149,0 a R$229,1 por arroba no dia 25 de novembro!

Siga o Farmnews, o canal de notícias do agronegócio!

Demanda impulsiona preço do milho que segue em alta em novembro was last modified: by

Zootecnista, editor do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!