preço do milho

Preço do milho rompe R$50 por saca, o que não acontecia desde 2016

O preço do milho, segundo indicador Cepea, superou R$50,0 por saca, o que não acontecia desde 2016.

Vale lembrar que em 2019 o preço do grão acumulou alta de 23,8%, uma vez que iniciou e encerrou o ano passado variando de R$39,26 por saca a R$48,62 por saca.

Aliás, o milho acumulou ganho inferior apenas ao boi gordo quando comparado com as commodities agrícolas acompanhadas pelo Farmnews (boi gordo, bezerro, milho e soja). Afinal como se comportaram os preços das commodities agrícolas avaliadas pelo Farmnews ao longo de 2019? Clique aqui e confira!

Pois é, mas 2020 apenas começou e o preço do milho já acumula alta de 6,3% e rompe a barreira de R$50,0 por saca, o que não era visto desde 2016, como ilustra a Figura abaixo.

No dia 2 de janeiro o preço do grão foi cotado a R$48,43 por saca e no dia 13 de janeiro a R$51,48 por saca, segundo dados do indicador Cepea.

A Figura a seguir ilustra o comportamento de preços do milho, em valores nominais, segundo dados do indicador Cepea (base Campinas).

Fonte: Dados do Cepea (adaptado por Farmnews)

A alta do grão no mercado físico tem igualmente impulsionado o preço futuro do milho. Isso porque o contrato com vencimento em março de 2020 (CCMH20) encerrou o dia 13 de janeiro cotado a R$52,74 por saca.

O preço do contrato futuro de R$52,74 por saca para vencimento em março de 2020 representa uma alta de 32,4% em relação ao preço médio do milho praticado no mesmo período de 2019 (março de 2019, R$39,82 por saca).

E afinal, com o ano de 2020 começando, o que os agricultores podem esperar com relação ao mercado de milho e da soja? Clique aqui e confira! E por falar em preço do milho, clique aqui e confira a retrospectiva do mercado do grão em 2019!

Siga o Farmnews, o canal de notícias do agronegocio.

Preço do milho rompe R$50 por saca, o que não acontecia desde 2016 was last modified: by

Zootecnista, editor do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!