preços do milho

Preços do milho seguem pressionados em janeiro de 2018

Os preços do milho seguem pressionados, para baixo, neste início de 2018.

A Figura a seguir ilustra o comportamento dos preços do grão ao longo de janeiro de 2018, segundo dados do Cepea/Esalq.

 

preços do milho

Fonte: Dados do Cepea/Esalq (adaptado por Farmnews)

 

No ano de 2018, ou seja, até o dia 19 de janeiro, os preços do milho acumulam queda de 4,3%.

Isso porque o milho iniciou o ano cotado a R$33,77 por saca no dia 2 de janeiro e encerrou a terceira semana do ano, dia 19, a R$32,33 por saca.

Vale lembrar que no mesmo período do ano passado, no dia 19 de janeiro de 2017, o preço do milho era de R$35,10 por saca, valor 8,6% maior que o observado neste dia de 2018.

E é importante lembrar que em 2017 os preços do milho acumularam queda de 12,3%. Clique aqui e saiba mais!

A Figura abaixo destaca para a variação acumulada dos preços do milho e da soja em janeiro de 2018.

preços do milho

Fonte: Dados do Cepea/Esalq (adaptado por Farmnews)

 

Os dados acima comparam a variação de preços do milho e da soja neste início de 2018, indicando a maior estabilidade dos preços da soja. Os preços da soja acumulam queda de apenas 0,8% no ano, enquanto o milho de 4,3%, ambos até o dia 19 de janeiro.

O Farmnews apresenta as perspectivas do Cepea para o mercado do milho no Brasil e nos principais produtores mundiais em 2018.

No geral, a expectativa inicial é de queda nas cotações do mercado do milho no primeiro semestre, elevando a competitividade externa, e sustentação no segundo com consequente aquecimento nos embarques. Clique aqui e saiba mais!

O Farmnews destaca os meses do ano em que os preços do milho alcançaram as maiores médias mensais desde o ano de 2007. Clique aqui!

Siga o Farmnews, o canal de notícias do agronegócio!

Preços do milho seguem pressionados em janeiro de 2018 was last modified: by

Zootecnista, editor do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!