preços do milho

Preços do milho voltam a registrar alta na parcial de novembro

Os preços do milho voltaram a apresentar alta na parcial de novembro, depois de praticamente zerarem os ganhos acumulados no ano.

Após recuarem por quase três meses consecutivos, os preços do milho subiram nos últimos dias em algumas praças acompanhadas pelo Cepea.

O impulso vem da retração de vendedores, sobretudo em regiões consumidoras, como São Paulo e Santa Catarina. Segundo colaboradores do Cepea, produtores se afastaram do mercado, na expectativa de preços maiores nas próximas semanas, período de entressafra nacional.

Na região de Campinas (SP), o o indicador de preços do milho do Cepea/Esalq subiu no acumulado parcial de novembro, até o dia 12, fechando a R$36,35 por saca de 60 kg.

No mês de novembro os preços do milho acumulam alta de 6,4%, uma vez que encerraram outubro de 2018 cotado a R$34,17 por saca. No ano, a alta acumulada é de 7,6%, lembrando que na máxima do ano até o momento o milho chegou a acumular alta de 35,9% no início de junho.

Já nas praças ofertantes, as cotações do milho seguiram em queda, influenciadas pelo clima favorável e pelo bom desenvolvimento da safra verão, cenário que mantém a perspectiva de oferta elevada para os próximos meses. Além disso, produtores dessas regiões ainda têm grandes estoques e tentam liberar espaços nos armazéns.

A Figura a seguir ilustra o comportamento diário dos preços do milho ao longo de 2018, até a parcial de novembro, segundo dados do indicador Cepea/Esalq.

 

preços do milho

Fonte: Dados do Cepea/Esalq (adaptado por Farmnews)

 

E por falar em preços do milho, clique aqui e confira quais os melhores meses para comercializar milho!

O Farmnews apresenta também análise do Cepea que comenta sobre a expectativa dos preços do milho e da soja em 2019. Clique aqui e saiba mais do assunto!

Adaptado do Cepea

Siga o Farmnews, o canal de notícias do agronegócio!

Preços do milho voltam a registrar alta na parcial de novembro was last modified: by

Zootecnista, editor do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!