preços do milho

Preços do milho devem seguir pressionados em 2019!

Perspectiva de aumento de produção e disponibilidade de grão devem seguir pressionando, para baixo, os preços do milho.

A produção de milho da safra 2018/19 foi novamente reajustada para cima. Agora, a perspectiva é que a temporada some 94,0 milhões de toneladas, inferior apenas a 2016/17, segundo dados da Conab. Com esse volume mais as importações, a disponibilidade interna pode atingir recorde.

O Farmnews também apresentou os dados de produção de milho no Brasil e no mundo divulgadas pelo USDA em abril de 2019 (clique aqui).

A produção brasileira de milho, pelos dados do USDA, também foram revisadas para cima, a 96,5 milhões de toneladas. A previsão do USDA é, inclusive, superior a estimativa da Conab

As exportações e o consumo doméstico também podem crescer, mas o grande excedente deve manter o tom baixista do mercado. Diante desse cenário, segundo pesquisas do Cepea, os preços do cereal seguiram em queda na maior parte das regiões acompanhadas pelo Cepea.

Vale destacar, no entanto, que os dados do USDA de abril de 2019 revelam, apesar da alta na produção de milho no Brasil, uma perspectiva de queda no estoque final do grão na safra 2018/19.

O fato é que, no ano, até a parcial de abril (dia 12), o grão acumula queda de 6,5%, uma vez que iniciou o ano cotado a R$39,26 por saca e no dia 12 de abril foi cotado a R$36,69 por saca. Aliás, o milho é a commoditie agrícola, dentre as 4 acompanhadas pelo Farmnews, ou seja, milho, soja, boi gordo e o bezerro, que apresentou a maior queda na parcial de 2019. Clique aqui!

E por falar no comportamento de preços do grão, o preço futuro do milho alcançou, na parcial de abril de 2019, o menor para para o contrato com vencimento em setembro. Clique aqui e saiba mais do assunto!

Fonte: Adaptado do Cepea

Siga o Farmnews, o canal de notícias do agronegócio!

Preços do milho devem seguir pressionados em 2019! was last modified: by

Zootecnista, editor do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!