preco-milho-soja-mai19-2

Preços do milho e da soja voltam a subir em maio de 2019

Os preços do milho e da soja voltam a apresentar alta na parcial de maior de 2019.

Após acumular quedas consecutivas entre a primeira quinzena de março e as primeiras semanas de maio, os preços do milho voltaram a subir no mercado brasileiro, principalmente em regiões consumidoras, como São Paulo e Santa Catarina.

Inclusive os preços futuros do milho, para o contrato com vencimento em setembro de 2019 (CCMU19), alcançaram os patamares mais baixos ao longo do período de queda de preços do grão. Clique aqui e saiba mais do assunto!

O movimento de recuperação, que vem sendo verificado mesmo diante da perspectiva de disponibilidade elevada na atual safra, está atrelado à retração de produtores, que passaram a ofertar apenas pequenos lotes no spot.

No geral, contudo, o ritmo de comercialização está lento, tendo em vista que muitos compradores consultados pelo Cepea adquirem volumes pontuais, ainda na expectativa de boa disponibilidade interna do cereal no segundo semestre.

Vale destacar também que a exportação de milho do Brasil nos primeiros 4 meses de 2019 foi a maior para o período ao longo dos últimos 3 anos. Clique aqui!

A Figura a seguir ilustra a variação acumulada dos preços do milho e da soja (base Paranaguá) em 2019, segundo dados do indicador Cepea, em 2019, até o dia 17 de maio.

preços do milho
Fonte: Dados do Cepea/B3 (adaptado por Farmnews)

Apesar da recuperação na parcial de maio, os preços do milho seguem acumulando queda de 11,6% no ano, até o dia 17.

Vale lembrar que o milho iniciou 2019 cotado a R$39,41 por saca e na parcial de maio o valor foi de R$34,60 por saca.

No caso da soja, os preços internos voltaram a subir com certa força, impulsionados pelas altas nos prêmios de exportação do grão e derivados (sinal de maior demanda externa), pela valorização do dólar (clique aqui) e pela elevação nos valores externos.

Essa reação nos valores da soja atraiu o vendedor e elevou a liquidez, especialmente para exportação – que só não foi mais intensa devido à falta de cota nos portos. O fato é que a valorização da soja em maio, zerou as perdas da oleaginosa no ano, pelo menos até a parcial de maio, como ilustra a Figura acima.

Vale lembrar também que a exportação de soja em grãos pelo Brasil no 1° quadrimestre de 2019, em faturamento, foi recorde histórico. Clique aqui!

Adaptado do Cepea

Siga o Farmnews, o canal de notícias do agronegócio!

Preços do milho e da soja voltam a subir em maio de 2019 was last modified: by

Zootecnista, editor do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!