preços dos grãos

Preços dos grãos seguem pressionados em 2019

Os preços dos grãos seguem pressionados em 2019 e tanto a soja como o milho acumulam forte queda até a parcial de maio.

Pois é, os preços dos grãos acumulam queda no ano, pelo menos até o início de maio de 2019.

No caso da soja, o movimento baixista se deve à forte desvalorização nos contratos futuros nos Estados Unidos, às expectativas de safra volumosa na Argentina, à oferta nacional abundante e à demanda enfraquecida, tanto por parte de compradores domésticos quanto externos.

Aliás, clique aqui e confira os dados do USDA que apresentam a estimativa de produção de soja por país na safra 2018/19.

Ressalta-se que a queda no Brasil acabou sendo limitada pela valorização do dólar (clique aqui) e pelo elevado ritmo de embarques do grão (clique aqui), que estabilizou os prêmios de exportação.

A Figura a seguir ilustra a evolução diária dos preços da soja, segundo indicador Cepea (base Paranaguá – PR) em 2019, até a parcial de maio, em Reais por saca.

preços dos grãos
Fonte: Dados do Cepea/B3 (adaptado por Farmnes)

No ano a soja acumula queda de 7,5%, variando de R$79,35 por saca no início de 2019 para R$73,40 por saca no dia 3 de maio.

E com relação ao milho, o bom desenvolvimento das lavouras de milho mantém a perspectiva de oferta elevada no segundo semestre, de acordo com pesquisas do Cepea.

Atentos a esse cenário e já abastecidos, compradores consultados pelo Cepea realizam pontualmente aquisições de pequenos lotes. Já produtores estão mais interessados em negociar, tanto no mercado spot quanto no futuro.

Vale lembrar que o preço futuro do milho, para o contrato com vencimento em setembro (CCMU19) vem sofrendo fortes quedas, como destacou o Farmnews (clique aqui).

A Figura a seguir ilustra a evolução diária dos preços do milho, segundo indicador Cepea em 2019, até a parcial de maio, em Reais por saca.

preços dos grãos
Fonte: Dados do Cepea/B3 (adaptado por Farmnews)

A queda do milho foi mais intensa comparada a soja, acumulando até o dia 3 de maio, queda de 15,4%. Diante da queda do grão, a relação de troca de boi gordo por milho alcançou, em abril de 2019, o maior patamar desde janeiro de 2018. Clique aqui e saiba mais do assunto!

E com relação aos preços dos grãos, clique aqui e confira a evolução acumulada dos preços das commodities agrícolas nos 4 primeiros meses de 2019!

Siga o Farmnews, o canal de notícias do agronegócio!

Preços dos grãos seguem pressionados em 2019 was last modified: by

Zootecnista, editor do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!