preços dos grãos

Alta dos preços dos grãos piora relação de troca para o pecuarista

A alta nos preços dos grãos tem diminuído o poder de compra do pecuarista no início de 2020.

Apesar da alta nos preços do boi gordo, a mais intensa valorização dos grãos nesse início de 2020 tem pressionado a relação de troca do pecuarista em relação ao milho e a soja.

Isso porque na média de dezembro de 2020, com uma arroba de boi gordo foi possível adquirir 4,40 sacas de milho, ambos cotados segundo indicador Cepea e, na parcial de fevereiro, até o dia 14, a média foi de 3,83 sacas por arroba.

Aliás, o valor parcial de fevereiro de 3,83 sacas por arroba foi um pouco melhor que a média apurada em janeiro de 2019, quando a relação de preços do boi gordo e do milho foi de 3,78 sacas por arroba. O valor de 3,83 sacas de milho por arroba, embora parcial, foi melhor que a média de fevereiro de 2019 (3,68 sacas por arroba).

No caso da soja, em dezembro de 2019, com uma arroba de boi gordo foi possível comprar 2,40 sacas de soja, enquanto em janeiro e fevereiro, até o dia 14, os valores foram de 2,21 e 2,25 sacas por arroba, respectivamente. Mas vale destacar que apesar da queda frente a dezembro de 2019, a média de fevereiro, ainda que parcial, foi muito superior à observada no mesmo período de 2019 (1,93 sacas por arroba).

E por falar na queda do poder de compra do pecuarista, o custo do confinamento em janeiro de 2020 apresentou forte alta em segundo dados do LAE/USP. Clique aqui e confira os valores!

Em 2019, além da alta recorde do boi gordo, o custo da pecuária de corte também apresentou forte alta. Pois é, apesar da valorização do preço do boi gordo em 2019, o ano também foi marcado pela alta dos custos de da pecuária de corte. Clique aqui e confira!

Siga o Farmnews, o canal de notícias do agronegócio!

Alta dos preços dos grãos piora relação de troca para o pecuarista was last modified: by