previsão da safra

Previsão da safra de grãos nacional: alta de 30% em 2017

A quinta previsão da safra nacional de grãos no país totalizou 238,6 milhões de toneladas, 29,2% superior à obtida em 2016 (184,7 milhões de toneladas).

A estimativa da área a ser colhida é de 60,9 milhões de hectares, apresentando acréscimo de 6,7% frente à área colhida em 2016 (57,1 milhões de hectares). Em relação à previsão da safra do mês anterior (abril de 2017), a produção e a área aumentaram 2,4% e 0,2%, respectivamente.

O arroz, o milho e a soja, somados, representaram 93,4% da previsão da safra e responderam por 87,8% da área a ser colhida.

Em relação ao ano anterior, houve acréscimo de 2,1% na área da soja, de 17,2% na área do milho e de 3,9% na área de arroz. No que se refere à produção, ocorreram acréscimos de 18,5% para a soja, 14,7% para o arroz e 52,3% para o milho.

Na presente avaliação para 2017, o Mato Grosso liderou como maior produtor nacional de grãos, com uma participação de 25,6%, seguido pelo Paraná (17,9%) e Rio Grande do Sul (15,3%), que, somados, representaram 58,8% do total nacional previsto.

Outros estados importantes na produção de grãos foram Goiás (9,7%), Mato Grosso do Sul (7,7%), Minas Gerais (6,0%), São Paulo (3,5%), Bahia (3,2%), Santa Catarina (2,8%) e Maranhão (1,9%) que integram também o grupo dos dez maiores produtores do País.

Milho em grãos

Com o fim da colheita da 1ª safra e início da safrinha, a previsão de safra recorde vai se confirmando em todo o País, com novo incremento na produção nacional.

As informações levantadas em maio indicam que a produção de milho neste ano deve alcançar 97,0 milhões de toneladas, superando em 3,7% a estimativa do mês anterior. Os dados foram impactados principalmente pelo aumento no rendimento médio nos estados, que sofreu variação positiva de 1,7% na 1ª safra, totalizando 5.538 kg/ha e 3,8% na 2ª safra, que deve alcançar 5.475 kg/ha.

A 2ª safra de milho também foi revisada positivamente, com destaque para o Mato Grosso, que elevou o rendimento médio em 11,5%, impactando diretamente na produção estadual que deve alcançar 27,2 milhões de toneladas, 12,9% superior ao estimado anteriormente.

O Mato Grosso confirmou elevados rendimentos médios, que para esta safra, deve alcançar 5.937 kg/ha. A área colhida no Estado também sofreu revisão positiva de 1,3% e deve alcançar 4 579 705 hectares.

Clique aqui para acessar a previsão de safra para os principais produtores mundiais de milho!

Soja em grão

A estimativa para a produção da soja voltou a subir em maio, em decorrência das informações do Rio Grande do Sul, que aguarda uma produção de 18,6 milhões de toneladas, aumento de 7,6% em relação ao mês anterior. Houve reavaliação positiva de 0,6% na área plantada e a ser colhida.

Contudo, o responsável por esse aumento de 1,3 milhão de toneladas a mais em relação ao mês anterior foi o rendimento médio que aumentou 7,0% em decorrência, principalmente, do clima que beneficiou as lavouras no campo.

Ao todo, o País deverá colher uma safra de 113,9 milhões de toneladas, um recorde da série histórica do IBGE.

A área plantada alcança 33,9 milhões de hectares e o rendimento médio 3.367 kg/ha. Na presente safra, o maior produtor é o Mato Grosso, com 30,7 milhões de toneladas ou 27,0% do total nacional.

O Paraná é o segundo produtor, com 19,5 milhões de toneladas, ou 17,2% do total nacional. O Rio Grande do Sul aparece como terceiro produtor, participando com 16,3% do total nacional.

Clique aqui para acessar a previsão de safra para os principais produtores mundiais de soja!

O Farmnews é o canal de notícias da Farmlogics – www.farmlogics.com.br. Cadastre-se e confira nosso plano grátis de gestão de fazenda de pecuária de corte!

Previsão da safra de grãos nacional: alta de 30% em 2017 was last modified: by

Zootecnista, editor do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!