variação dos preços do milho

Variação dos preços do milho no Brasil e Estados Unidos desde 2008

O Farmnews atualiza os dados da variação dos preços do milho no Brasil e nos Estados Unidos ao longo da última década, ou seja, desde janeiro de 2008.

Afinal, como se comportaram os preços do milho no Brasil e nos Estados Unidos nesses últimos 10 anos?

A Figura a seguir ilustra a variação dos preços do milho nos dois países, desde o ano de 2008, segundo dados do indicador Cepea/Esalq para os preços do milho no Brasil e do USDA para os preços do grão nos EUA.

 

variação dos preços do milho

Fonte: Dados do Cepea/Esalq e USDA (adaptado por Farmnews)

 

E os dados da variação dos preços do milho mostram que, no acumulado da última década, os preços caíram mais nos Estados Unidos que no Brasil.

Na verdade de janeiro de 2008 a dezembro de 2017 os preços do milho nos Estados Unidos acumulam um queda de cerca de 18,5%. Apesar da queda, a variação dos preços do milho foi grande no período, oscilando entre uma mínima de -20,1% em 2017 e uma máxima de 92,0% em 2012. Pois é, os preços do milho nos Estados Unidos estão nos patamares mais baixos da última década.

No caso do Brasil, os preços segundo indicador Cepea acumulam alta de 6,2% de janeiro de 2008 a dezembro de 2017, também oscilando bastante ao longo do período.

O fato é que os preços do milho, em especial, tem sido bastante pressionados para baixo no Brasil desde meados de 2016.  Clique aqui e confira melhor o comportamento de preços do milho nos últimos anos no País!

O Farmnews atualiza para a variação acumulada dos preços das commodities na última década, ou seja, entre os anos de 2008 e 2017. Afinal, qual das commodities apresentaram a maior variação acumulada desde janeiro de 2018, boi gordo, bezerro, milho ou soja? Clique aqui e descubra!

Siga o Farmnews, o canal de notícias do agronegócio!

Variação dos preços do milho no Brasil e Estados Unidos desde 2008 was last modified: by

Zootecnista, editor do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!