mitos e verdades sobre o pão

Mitos e verdades sobre o pão industrializado

O Foodnews destaca alguns mitos e verdades sobre o pão industrializado.

Com manteiga, requeijão, geleia e até mesmo puro. Quente ou frio, de manhã a tarde ou a noite, o pão é um dos alimentos mais versáteis e queridos por parte das famílias.

Com tanta popularidade, a consultora em nutrição da Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias e Pães & Bolos Industrializados (ABIMAPI) Marcela Tardioli, lista algumas curiosidades e desvenda mitos e verdades sobre sobre o pão industrializado.

Ao contrário do que alguns pensam, por ser fonte de carboidrato o pão é nutritivo e essencial para fornecimento de energia para o corpo e a mente no dia-a-dia. “Nas versões industrializadas, que são ainda mais práticos e possuem maior prazo de validade, encontramos ainda mais opções com apelo de saudabilidade, como os integrais, enriquecidos com grãos, entre outros”, explica Marcela.

Vamos, então, esclarecer alguns dos principais mitos e verdades sobre o pão industrializado:

  • Pão de forma é realmente o vilão das dietas.

Mito. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), os carboidratos devem contribuir com 60% do total de calorias ingeridas. Dentro dessa recomendação, o consumo de pão não faz mal à saúde e não contribui para o aumento do peso desde que seja consumido com moderação e em porções corretas, assim como qualquer outro alimento. Além disso, é importante se atentar ao que escolhemos para adicionar no pão como manteiga, requeijão ou queijos, que podem acabar deixando-o mais calórico.

  • Nem todo pão de forma dito como integral é, de fato, integral.

Verdade. Fique sempre atento ao rótulo. O primeiro ingrediente descrito é o que tem em maior quantidade no produto. Para o pão ser considerado integral deve vir descrito na lista dos ingredientes em primeiro lugar a farinha de trigo integral e não farinha de trigo enriquecida com ferro e ácido fólico, por exemplo.

  • A opção de pão de forma integral é mais saudável.

Verdade. O pão integral é rico em fibras, que favorecem o controle dos níveis de gordura no sangue e contribuem positivamente para melhores índices glicêmicos, principalmente após as refeições. Dessa forma, os alimentos integrais podem contribuir para redução do risco de doenças do coração e de diabetes, quando inseridos em uma dieta balanceada aliada a hábitos saudáveis de vida.

  • Para quem deseja perder peso, o pão não deve ser consumido nem antes e nem depois de atividades físicas.

Mito. Uma boa alimentação para academia prevê carboidratos associados a fontes de proteína, especialmente no período pós-treino. Portanto, ingestão do alimento ajuda a recarregar a energia do corpo, favorecendo a recuperação muscular e evitando a fadiga.

  • O pão promove a formação de serotonina

Verdade. Alimentos ricos em carboidratos contribuem para a formação deste neurotransmissor, responsável pelo humor e sensação de bem-estar. Sendo assim, consumir pão pode ajudar a manter a disposição e alto-astral no dia-a-dia.

  • Comer pão deixa inchado

Mito. Como já dito anteriormente, o pão em si não faz mal se consumido moderadamente. Mas, um fator que pode provocar a sensação de inchaço é se a pessoa for celíaca (intolerante ao glúten). Por isso, em caso de desconforto abdominal, é importante procurar um profissional para uma melhor avaliação e orientação.

E por falar nos mitos e verdades sobre o pão industrializado, a Corrida do Trigo e do incentivo ao consumo de carboidrato. Clique aqui e saiba mais do evento que acontece em outubro de 2019!

Siga o Foodnews, o canal de notícias da gastronomia!

Mitos e verdades sobre o pão industrializado was last modified: by

Zootecnista, editor do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!