estrutura do solo

Pesquisadores lançam diagnóstico rápido de estrutura do solo

A UEL e a Embrapa desenvolveram método inovador de avaliação visual da estrutura de solos, denominado Diagnóstico Rápido da Estrutura do Solo (DRES).

Com resultados obtidos diretamente no campo e sem a necessidade de avaliações laboratoriais, o DRES permitirá, de forma muito mais rápida, a tomada de decisão sobre práticas de manejo para melhorar a qualidade dos solos.

As informações sobre a metodologia estão reunidas na publicação Diagnóstico Rápido da Estrutura do Solo (DRES) , editada pela Embrapa e disponível gratuitamente para download.

A estrutura do solo é componente essencial da fertilidade, porque influencia o comportamento físico, químico e biológico do solo, dando sustentação à produtividade agrícola.

O Farmnews inclusive destacou que o Brasil é o país que mais cresce quando o assunto é produtividade no campo (clique aqui e saiba mais)!

Até agora no Brasil, a estrutura do solo vinha sendo avaliada por meio de métodos quantitativos que não a caracterizavam precisamente e eram de difícil aplicação e interpretação em condições de campo.

“O DRES foi desenvolvido para atender as especificidades de monitoramento da qualidade do solo brasileiro de forma rápida e fácil. Nosso intuito é facilitar o diagnóstico e melhorar os critérios para a tomada de decisão sobre a adoção de práticas de manejo que melhorem a qualidade estrutural do solo”, avalia o pesquisador da Embrapa Soja, Henrique Debiasi.

Segundo o pesquisador, os dados de pesquisa mostram, por exemplo, que a escarificação do solo quando realizada sem necessidade, além de ampliar o custo de produção, pode levar à perda de produtividade. “Por isso, temos a expectativa de que o DRES contribua para melhorar a avaliação da qualidade física do solo e sirva para dar suporte ao processo de tomada de decisão quanto ao manejo mais adequado do solo”, diz.

Debiasi explica que o DRES é um método de avaliação visual da estrutura do solo que leva em conta a qualidade da agregação do solo, a partir de amostras dos primeiros 25 cm.

Nas amostras, são observados o tamanho e a forma dos agregados e torrões, presença ou não de compactação ou outra modalidade de degradação do solo, forma e orientação das fissurações, rugosidade das faces de ruptura, resistência à ruptura, distribuição e aspecto do sistema radicular, e evidências de atividade biológica.

O Farmnews é o canal de notícias da Farmlogics!

Pesquisadores lançam diagnóstico rápido de estrutura do solo was last modified: by

Zootecnista, editor do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!