enzima que se alimenta de plástico

Saiba mais da enzima que se alimenta de plástico!

Você sabia que existe uma enzima que se alimenta de plástico e pode contribuir com a redução deste resíduo?

Pesquisadores da Universidade de Portsmouth na Inglaterra acidentalmente desenvolveram uma enzima que se alimenta de plástico e pode ser usada para combater um dos maiores problemas de poluição que o planeta enfrenta atualmente: a poluição por plástico.

Os pesquisadores fizeram esta descoberta enquanto analisavam uma enzima natural encontrada em um centro de reciclagem de lixo no Japão. A tal enzima permitia que uma bactéria degradasse o plástico e o utilizasse como fonte de alimento.

Durante o estudo, os pesquisadores desenvolveram, por acaso, uma enzima que degrada o plástico mais rapidamente do que a natural. E outro ponto interessante nesta descoberta é que a equipe de pesquisadores da universidade britânica teve auxílio, para a parte de modelagem computacional, de pesquisadores da UNICAMP, aqui no Brasil.

A enzima que se alimenta de plástico atua em um tipo de plástico extremamente comum, o PET (PoliTereftalato de Etileno) amplamente utilizado na produção de garrafas, frascos e embalagens de refrigerantes, sucos, águas, além de cosméticos e medicamentos. Esta pode ser uma nova solução para a destinação da enorme quantidade de plástico que é gerada pela população mundial.

A geração de lixo, especialmente o plástico, tem atingido níveis alarmantes, embora este seja um resíduo, em geral, passível de reciclagem. As enormes quantidades deste resíduo e seu destino inadequado têm provocado um triste fenômeno nos oceanos, as ilhas de plástico. As correntes oceânicas têm concentrado o plástico em cinco grandes áreas formando verdadeiras ilhas de lixo. A maior delas chega a ter três vezes o tamanho da França.

Os pesquisadores trabalham agora para que esta descoberta possa ser utilizada industrialmente, tornando-a uma solução real e efetiva para a diminuição da quantidade de resíduo plástico no planeta.

E afinal, você realmente sabe o que pode ser reciclado? Clique aqui e descubra!

Adaptado da Universidade de Portsmouth e CNN

Siga o Foodnews, o canal de notícias da gastronomia!

Saiba mais da enzima que se alimenta de plástico! was last modified: by