Gestão

Preços do milho no maior patamar desde março de 2017

Os preços do milho, em dezembro de 2017, no maior patamar, em valores nominais, desde março de 2017.

A Figura a seguir ilustra o comportamento de preços do milho ao longo de 2017, segundo dados do Cepea/Esalq.

 

preços do milho
Fonte: Dados do Cepea/Esalq (adaptado por Farmnews)

 

A Figura acima destaca o movimento de recuperação dos preços do milho ao longo do segundo semestre de 2017.

Isso porque a cotação do milho atingiu o valor mínimo do ano no início de agosto (R$25,20 por saca), quando acumulou baixa de 35,0% no ano. Desde a mínima, em agosto, os preços do milho iniciaram recuperação e acumulam alta de 31,3% desde então, uma vez que no dia 19 de dezembro o grão esteve negociado a R$33,08 por saca.

Contudo, no ano o milho segue em queda e até o dia 19 de dezembro acumula queda de 14,1% em relação ao preço praticado no início de 2017 (R$38,10 por saca).

Mas vale destacar os preços do milho em dezembro de 2017, como ilustra a Figura abaixo. Na parcial do mês o grão acumula alta de 7,0%, sendo cotado a R$33,08, valor não alcançado desde o dia 21 de março de 2017.

 

preços do milho
Fonte: Dados do Cepea/Esalq (adaptado por Farmnews)

 

Os preços do milho nos Estados Unidos estão no quinto ano consecutivo de queda em 2017. Clique aqui e confira!

O Farmnews apresenta a última estimativa do ano para a produção e estoque final de milho no mundo e principais produtores na safra 2017/18. Clique aqui!

O Farmnews apresenta os números que revelam os principais produtos do agronegócio do Brasil comprados pela China em 2016 e 2017. A soja é o principal produto do agronegócio do Brasil comercializado para a China. Aliás, é o principal produto do País, dentre todos, enviados ao mercado chinês. Clique aqui e confira os dados!

O Farmnews é o canal de notícias da Farmlogics!

Preços do milho no maior patamar desde março de 2017 was last modified: by

Ivan Formigoni

Zootecnista, editor do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: