Mercado

Importação mundial de carne bovina e por país revisada para cima em 2023

O Farmnews atualizou os dados de importação mundial de carne bovina para 2023, conforme revisão do USDA de abril.

O importante é destacar que os dados de abril de 2023 mostrar perspectiva de crescimento no ritmo de compra dos principais países importadores de carne bovina em relação aos dados de janeiro de 2023, como indicam os dados da Tabela abaixo.

A Tabela a seguir apresenta os dados de importação de carne bovina, total e por país comprador, em milhões de toneladas em equivalente carcaça, entre 2019 e a expectativa para 2023, segundo dados do USDA de abril.

importação mundial de carne bovina

A importação mundial de carne bovina deve somar em 2023, 10,33 milhões de toneladas em equivalente carcaça que, se confirmado, alcançará novo patamar histórico, superando em 0,97% o valor de 2022 (10,23 milhões de toneladas).

Apesar do aumento das vendas de carne bovina mundo afora, os dados de abril de 2023 revelam uma expectativa de queda na compra do principal importador mundial, a China. Isso porque o temporário embargo da carne bovina brasileira para o país asiático influenciou negativamente a projeção de compra, com projeção de queda de 0,71% em relação a estimativa anterior.

A China deve importar 3,50 milhões de toneladas em equivalente carcaça em 2023, valor semelhante ao observado em 2022 e pouco abaixo da estimativa anterior, que projetava compras que somavam 3,53 milhões de toneladas.

Embora o maior importador mundial (segunda Figura) apresentou revisão negativa em abril de 2023, o segundo maior comprador mundial, os EUA, devem aumentar quase 3,0% a importação de carne bovina frente a previsão anterior, de janeiro. Os EUA devem importar 1,59 milhões de toneladas em equivalente carcaça em 2023, o maior valor ao longo da série apresentada, desde 2019.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Além dos EUA, a UE também deve aumentar o ritmo de compra em 2023 (Tabela), enquanto os destaques negativos ficaram para o Japão e a Coréia do Sul que tiveram perspectivas de importação de carne bovina rebaixada em abril de 2023 frente a previsão anterior, de janeiro.

A Figura ilustra a participação dos principais países importadores de carne bovina esperado para 2023, em milhões de toneladas, conforme previsão de abril do USDA.

importação mundial de carne bovina
Fonte: Dados do USDA (adaptado por Farmnews)

Vale lembrar que além do crescimento das vendas internacionais, o USDA também revisou, para cima, os dados esperados do consumo mundial de carne bovina em abril de 2023. Clique aqui e confira!

Clique aqui e receba os estudos do Farmnews pelo WhatsApp!

Ivan Formigoni

Zootecnista, Fundador do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo